FANDOM


Volos, Arauto da Loucura
VolosAvatar
Arquétipo Dominador de Mentes
Afiliação Culto dos Condenados
Linha do Tempo 6002 (Arco II)
Raça Dragão Negro
Nível médio 4
Loots N/A
Local Memórias da Espada

Volos, o Arauto da Loucura (como é conhecido em algumas histórias) é um antagonista que apareceu no Arco II de Grey Avalon, no Dragon Fantasy Saga RPG

Ele é o responsável pela corrupção de Hilde Tonerre na segunda parte do arco II, mas também aquele que salvou a vida da nobre guerreira quando a mesma estava em risco de vida.

AparênciaEdit

Volos tem a aparência de um dragão negro adulto (ver caraterísticas físicas da raça). Não há nada de muito especial em sua formação, exceto pelo fato de suas escamas serem bastante brilhantes e polidas, dando a impressão que são largas gemas negras.

HistóriaEdit

Volos foi um poderoso dragão negro que viveu por volta dos anos 5530, conhecido como o "Arauto da Loucura" pois tinha o hábito de destruir cidades e exércitos, além de corromper seus inimigos e usá-los através de suas magias de dominação mental. 

O dragão causou terror e destruição na parte sudeste de Grey Avalon por muitos anos, até que fora confrontado pelo exército de um influente rei, e com o uso de aparatos tecnológicos e magia (coisa que era pouco utilizado e visto na época), fora derrotado e destruído. Embora seu corpo tenha se esvaído com as chamas da guerra, o espírito do dragão permaneceu no plano real e dessa forma, não pode descansar. 

Através da sua forte presença arcana, o espírito do dragão conseguiu dominar e possuir o corpo de um forte bárbaro nômade, usando seu corpo para causar mais destruição e mortes. Por alguns anos Volos viveu dessa forma, pilhando, matando e espalhando o caos como se fosse um humano muito cruel. 

O reinado de destruição da criatura apenas continuou cada vez mais, mesmo após o seu segundo corpo (o bárbaro) ser destruído. Ele tornou a possuir vários e vários outros aventureiros, dando um rumo sem volta para aquelas almas que eram postas para dormir enquanto ele assumia o controle. 

A descoberta da imortalidade

Eventualmente, um poderoso arcanista descobriu sobre a história e lenda de Volos, e através de muitos estudos e observações, ele descobriu como acabar com o reinado maldito dessa alma que se escondia em vários corpos. Toda vez que um corpo que o dragão havia possuído morria, seu espírito agora sem memória de sua forma original, pulava para outro.

Volos eventualmente fora preso em artefatos como anéis, potes, amuletos, elmos e outras coisas pelo Arcanista e por seus sucessores, que conseguiram interromper o ciclo vicioso de destruição que ele projetava sobre o mundo. Entretanto, outra lenda ali surgiu: aqueles que eram fracos de mente e com pouca força de vontade, sucumbiam aos sussurros do dragão e usavam os artefatos em que ele estava aprisionado. Dessa forma, a corrupção do dragão se espalhava pelo corpo do usuário, e ele novamente poderia sair para matar.

Eventos do Arco II

Centenas de anos se passaram, até que eventualmente o culto dos condenados encontraram e aprisionaram o espírito de Volos dentro de uma mítica espada, para que ele ficasse em repouso e ao mesmo tempo obedecesse a ordem, providenciando informações sobre o mundo. A resistência de Volos foi grande, e eventualmente ele concordou em ajudar os cultistas, com a condição de que lhe fosse dado um corpo para poder matar e usar sua força novamente. Com a permissão do chefe do culto, os cultistas passaram a procurar um hospedeiro que aguentasse a força vital do dragão.

Após o fim da Batalha por Feywall, alguns membros do culto fugiam por túneis subterrâneos da cidade, em busca de corpos de guerreiros que pudessem ser usados ou revividos como soldados do mal. Eventualmente, eles encontraram o corpo da orgulhosa Hilde que havia sido puxada pelo templário Rust em uma cratera criada pelo ataque de Ashkore

Dessa forma, o artefato com o espírito do dragão foi entregue ao corpo sem vida da aventureira, que novamente voltou a ter seu coração pulsando e projetando sangue para seus órgãos. Revivida, Hilde fora lentamente dominada pela força da espada, que jogou seu espírito e suas memórias para um canto escuro de sua mente, sendo completamente dominada pelo dragão e perdendo a ciência de seus atos.

Ascenção e queda

Pelo período de 7 meses, Volos assumiu integralmente o controle sobre o corpo de Hilde, enquanto ela assistia horrorizada e ficava cada vez mais enfraquecida com as atrocidades cometidas pelas suas próprias mãos. 

Eventualmente, Hilde fora ordenada pelo culto dos condenados para ir até Damaria e eliminar seus antigos companheiros de aventura, uma vez que eles estavam chegando perto demais em descobrir informações essenciais sobre o culto e seu chefe. Dominada pela força da espada, Hilde trava uma intensa batalha contra seus amigos, e embora dominada pelo espírito de Volos, consegue força vital o suficiente para inverter os papéis e botar o espírito do dragão para dormir.

Por algumas semanas Volos apenas retorna ao comando da mente de Hilde como uma "parte ruim" de sua personalidade, falando coisas cruéis e tentando retomar o controle, mas sem sucesso. No episódio 22, através de um ritual feito por Galtel, ela e Lessien, Kouryuu, Sorin, Chrome e Kraashi tem seus espíritos projetados para dentro da espada que continha as memórias de Volos.

Lá dentro, Volos eventualmente se mostra perante aos heróis, com seu corpo físico original (de dragão) e tenta combatê-los, com o objetivo de derrotar os espíritos de Hilde e seus amigos e poder retomar o controle do corpo da guerreira.

Entretanto, o dragão negro é derrotado e seu espírito é destruído permanentemente, encerrando sua influência e corrupção.

PersonalidadeEdit

O dragão negro possui a típica mentalidade caótica e pouco amável de um membro de sua raça. Além disso, sua principal motivação e objetivo é causar a destruição de cidades, vilarejos, raças inferiores e mostrar a sua força contra aqueles que o tentam desafiar. Volos possui o hábito de escravizar aqueles que derrota, tornando-os seus servos através de sádicos encantamentos de dominação mental.

Ele não parece se importar com o fato de ter sido derrotado não só uma, mas várias vezes em diversas épocas e por diversas pessoas. Para Volos, a única coisa que importa, mesmo que esteja aprisionado em um artefato ou num corpo incapaz de conter sua força, é destruir tudo o que for vivo.

Volos se demonstra relativamente cruel, sádico e insensível quando dominando Hilde, fazendo frequentemente piadas de mal gosto e provocando as emoções da guerreira com lembranças ríspidas e dolorosas. 

HabilidadesEdit

O dragão possui força sobrehumana, alta capacidade de vôo e acrobacias aéreas, domínio de magia arcana e negra e afinidade com encantamentos de domínio mental.

CuriosidadesEdit

  • Na história toda de Volos, Hilde é tida como a única pessoa que foi capaz de suprimir suas forças e tomar de volta o controle sobre o corpo dominado.
  • Diferentemente de Ashkore, Volos parece ter maior afinidade para magias do que para destruição física e em larga escala.

Galeria de ImagensEdit

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.