Fandom

Dragon Fantasy Saga Wiki

Lista de Episódios - Arco I (Grey Avalon)

548pages on
this wiki
Add New Page
Comment1 Share
Guia-de-episódios

Episódio 1 - O espelho de duas dimensõesEdit

Resumo: O primeiro episódio deste cenário começa em Velen City, mais especificamente em Velen Downtown, onde Fae e Airi estavam em um restaurante terminando de jantar naquela noite chuvosa, para depois voltarem para o hotel onde estavam hospedadas e reiniciarem suas buscas por certas pessoas que procuravam. Pouco depois de receberem a conta e notarem que não podiam pagar, elas esperam o momento certo e saem do restaurante na surdina. Logo depois, as duas começam a ser perseguidas por estranhos homens com roupagens pretas e chapéus da mesma cor, onde, eventualmente começam a correr atrás das duas iniciando uma perseguição. Sem saber o por que estavam sendo perseguidas, Fae e Airi correm pra dentro de um mercado no objetivo de se esconderem dos homens, mas logo em seguida um Psych e um Brawler de Reddstar aparecem, iniciando um combate e dizendo que elas agora seriam prisioneiras de Reddstar, e que a cidade estava sob guerra. As duas vencem o combate mas logo em seguida são nocauteadas por outros soldados de Reddstar.

Não longe dali, Odaik estava numa van com membros de sua guilda, indo em direção da Jakob Tower para uma palestra sobre o Espelho de Hathor . Ao chegar lá e desembarcar da van, uma forte explosão acontece do alto da torre e vários espiões que aparentemente eram de Reddstar caem ali segurando o espelho. Ao mesmo tempo, vários outros homens vestidos de preto começam a atacar Odaik e seus aliados. Odaik desvia constantemente se teletransportando e acaba pegando o espelho para si, derrotando alguns dos homens dali e fugindo numa motocicleta pela cidade. Poucos segundos depois, a moto de Odaik é atingida e ele entra em combate contra um Psych de Reddstar, onde acaba sendo nocauteado e perde o espelho de sua posse.

Enquanto isso acontecia, Tito sai de um bar localizado no Industrial District em busca de uma condução para iniciar suas buscas pela sua motocicleta e outros membros da Dead Beats Gang . Ele passa por Genesis e eventualmente é abordado por alguns membros da gangue que voltaram por vingança contra Tito, um combate se inicia e Genesis acaba entrando no meio do combate de quebra. Eventualmente um helicóptero chega durante a briga e despeja mais soldados de Reddstar ali, que matam os membros da gangue e nocauteiam Genesis e Tito.

Após isso, Lahra, Yuri, João Luís, Gustavo e Fernando Lana acordam em suas respectivas casas (exceto por Lahra que estava num hospício) e notam que aquilo foi um estranho sonho...Mais um dos que andavam tendo.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 11/05/2013) AQUI.

Episódio 2 - Prisioneiros da própria menteEdit

Resumo: O episódio começa em 2013, no mundo real, mais especificamente em São Paulo, onde após terem os estranhos sonhos, LahraYuriJoão LuísGustavo e Fernando Lana entram em contato com anúncios de uma estranha organização de saúde: o Instituto Sagas. Os anúncios são feitos através de TV, rádio, internet e até mesmo por cartões físicos que eles encontram, induzindo-os a procurar pelos serviços do centro e marcar uma consulta sobre os sonhos que andavam tendo. 

Cada um deles então segue para lá com seus motivos pessoais.A primeira cena do episódio mostra Lahra em um quarto bem arrumado com uma cama, um longo carpete vermelho que cobria o chão, quadros e móveis em geral, dentro do instituto. Entretanto, ela estava presa em uma camisa de força, devido a sua transferência do hospital psiquiátrico onde estava anteriormente. Logo em seguida, a porta se abre e Albert Quisling entra no quarto juntamente de dois enfermeiros que ficam na porta, onde, ele começa a conversar com Lahra sobre os motivos dela estar ali e oferecendo ajuda de verdade para ela, desde que resolvesse cooperar também. Ela aceita a proposta de Albert, sendo solta da camisa de força e acompanhando-o para uma outra sala onde os outros (YuriJoão LuísGustavo e Fernando Lana) estavam. 

Durante um tempo o grupo conversa e Albert vai revelando mais sobre as propostas de tratamento e também sobre os sonhos que estavam tendo em comum. É dito que os sonhos parecem fazer parte de uma manifestação inconsciente que desperta um certo potencial nos humanos, esses, por sua vez chamados de "sonhadores" pelo Dr. Alexandre Sagas (que não estava presente no momento). Albert revela que os sonhos não são necessariamente prejudiciais para eles, mas que podem trazer complicações caso não aprendam a manipulá-los e entendê-los com uma profundidade maior. Entre os efeitos colaterais, estava a ameaça do coma que geralmente era precedido por sonhos e visões de extremo perigo para os sonhadores.

Albert demonstra também que eles poderiam entender seus sonhos e ver o que significavam, revelando que ele mesmo era um sonhador e que havia sido ajudado pelo Dr. Sagas anos atrás quando ele e um outro grupo de jovens tinham "despertado" esse potencial pela primeira vez. Ele então revela que com a compreensão, eles poderiam ganhar certos "benefícios", demonstrando uma estonteante habilidade psíquica de levitar objetos alí na sala mesmo e de também poder causar impactos e golpes a distância. O grupo fica impressionado com as demonstrações de Albert e logo em seguida, a sala escurece com a manifestação psíquica e de emoções descontroladas do grupo, dando origem a dois gororos que atacam Albert e Lahra, mas são eliminados através dos poderes psíquicos dele instantaneamente. Vendo a necessidade de controlar suas emoções, medos e incertezas para não darem origem a tais criaturas, o grupo aceita a terapia oferecida pelo ajudante do Dr. Sagas e procedem para uma sala escura onde Albert os induz a cair no sono para um experimento.

O foco agora vai para FaeAiriTitoGenesis e Odaik, que acordam na prisão de Reddstar sem saber exatamente como chegaram ali. Os cinco ficam na cela por algum tempo, conversando entre si e vendo que não podiam sair, estando desarmados por completo e também ficando incapaz de soltar magias por algum estranho motivo. O grupo presencia também um chocante assassinado de uma família na cela ao lado e em seguida a chegada do esperto Mike. Por um descuido dos templários que estavam tomando conta da prisão, Mike fica com suas luvas que são capazes de criar uma forte energia cósmica a partir de certos mecanismos internos, derretendo assim as barras da cela onde estava e também libertando o grupo.

Em seguida o grupo tenta uma missão silenciosa, mandando Airi na frente para quebrar a estranha pedra azulada que criava um campo de negação de magias no local, além de também recuperar os equipamentos dos outros. A operação funciona até certo ponto, mas Airi acaba sendo descoberta e uma luta começa com os templários e um Armored Destroyer, mas o grupo acaba ficando vitorioso. Seguindo adiante e libertando mais prisioneiros de Velen, o grupo chega numa sala escura onde são interrompidos e abordados por um Inquisidor que parece ostentar uma grande força dentro de si: KirenO episódio termina com a luta prestes a se iniciar.

- Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 18/05/2013) AQUI (Parte 1) e AQUI (PARTE 2)

- Leia o LOG aqui 

Episódio 3 - Seis estranhos no ninhoEdit

Resumo: O episódio começa mostrando o confronto de Kiren contra FaeAiriTitoGenesisOdaik Mike. A princípio Kiren domina boa parte da luta, executando ataques devastantes de energia luminosa que atingem múltiplos alvos e também causam efeitos especiais como redução de dano, contra o grupo. Entretanto, os heróis reagem e rapidamente contra-atacam Kiren com sua força, lutando por suas vidas e pra preservar uns aos outros. Durante o confronto, entretanto, Genesis é ferido gravemente pelo Inquisidor e fica inconsciente até o fim do combate, quando seus aliados conseguem terminar e eliminar Kiren.

Após o confronto, o corpo de Kiren fica estendido no chão e os heróis se preparam para respirar brevemente e recuperar o fôlego, ajudando Genesis a se levantar. Nesse momento, Kiren se levanta momentaneamente e solta um grito de desespero, com uma estranha sombra aparecendo atrás dele que se quebra em mil pedaços...Kiren também dispara um raio de luz contra o canto da sala, ativando um alarme que rapidamente abre um enorme buraco em baixo dos heróis, fazendo com que eles caiam num calabouço aprofundado. Ele então cai novamente inconsciente no chão.

Quando acordam, cada um deles estão no que parecem ser celas diferentes uns dos outros, com portas em frente aos mesmos, tendo uma porta para cada cela. Mike, entretanto, havia caído na mesma cela de Tito. O grupo então compreende que para que pudessem se libertar, teriam que enfrentar desafios individuais que os esperavam atrás das portas, onde Odaik foi primeiro, vendo um enorme corredor com plataformas suspensas e espinhos em baixo delas. Sem hesitar, Odaik dispara um encantamento contra o outro lado do corredor, atingindo uma alavanca que abre a porta de Airi.

Airi caminha adiante e em seu desafio, precisou se esgueirar por blocos apertados e próximos, para chegar no fim dele e ativar um botão que abria a porta de Tito e Mike. Os dois companheiros então vêem uma enorme pedra circular que estava em cima de um trilho, os esperando. Eles decidem empurrá-la e após algumas tentativas, empurram o obstáculo até o final, que cai num buraco e permite com que os dois ativem a próxima alavanca, liberando a porta de Fae.

Fae avança por um corredor escuro, sendo parada por um templário fantasmagórico que não a deixa passar de forma algum, até que Fae se irrita e com toda a sua intimidação, dispensa o templário que some como um encantamento, mostrando o caminho e a alavanca. Fae puxa a alavanca, abrindo a porta final: a de Genesis.

Genesis enfrenta os desafios de sua cela, saltando primeiramente por cima de uma fossa... Entretanto, o que parecia ser um desafio simples se torna uma grande armadilha, ativando espinhos de ferro que saem da parede e ferem Genesis mortalmente. Ele se arrasta até o fim do corredor e ativa sua alavanca, permitindo que todos se reencontrem em seu corredor, mas, infelizmente perde sua vida com isso, deixando os heróis num clima de tristeza profunda.

O grupo segue através da prisão, fugindo de novos guardas que apareceram e corriam atrás deles, carregando o corpo de Genesis e indo em direção de saídas diferentes, separando os heróis em dois grupos: Tito e Mike (carregando o corpo de Genesis) e Fae, Airi e Odaik.

- Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 25/05/2013) AQUI.

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 4 - A família GoldbattlerEdit

Resumo: Após fugir da prisão, o grupo se reencontra na frente da mesma, apesar de terem ido por caminhos separados. Ali, eles ainda continuam sendo alvo dos ataques dos membros da Reddstar Forces, entretanto, são salvos por uma criança anã e seu cão: Balud Goldbattler Makro, que jogam uma bomba de fumaça e resgatam o grupo, levando-os para o alto de uma casa (no terraço).

Após um tempo conversando e se apresentando, Balud que revela ter ajudado o grupo por conta de que havia notado eles sendo presos na noite anterior e trazidos para Reddstar, além de ter notado a presença de Airi, que, por ser uma anã, captou a atenção dele. O grupo então é interrompido por um anúncio do império, onde o Imperador e o General Gregory explicaram a situação da atual guerra contra Velen City, revelando que o Espelho de Hathor estava ainda na outra cidade e a guerra tinha motivações de conquista do mesmo visto a escassez das minas de cristais, além da hipótese do assassinato do imperador ter sido cometido por pessoas de Velen. Em adição, o general da Reddstar Forces complementa relatando a fuga de prisioneiros da prisão. colocando uma recompensa de 50mil moedas de ouro por cada cabeça dos fugitivos, botando a cidade em estado de alerta.

O grupo então sai dali, guiados por Balud para que pudessem enterrar o corpo de Genesis e então seguir para a casa dele, onde, poderiam encontrar alguém que teria explicações para a insanidade repentina do Imperador e uma forma de sair de Reddstar (já que as saídas estavam bloqueadas). Pouco tempo depois, chegam numa clareira que parecia ser um lindo jardim natural, também, onde prestam suas últimas homenagens ao companheiro e saem.

Chegando na casa dos Goldbattler, o grupo encontra a tal pessoa que Balud havia comentado: sua avó, Yurunn. Ela estava conversando com um homem alto de óculos e que aparentava ser um tipo de mago que atende pelo nome de Hagenn. O mago parecia querer algo de Yurunn também, mas no fim, ela diz que só poderia ajudar o grupo se se provassem dignos de sua confiança através de uma missão: resgatar seu filho e seus outros netos (o pai de Balud e seus irmãos, respectivamente). O grupo aceita e então resolvem esperar na casa até o anoitecer já que eram procurados e não podiam perambular por aí. O objetivo era irem até as minas onde os anões estavam presos e sendo forçados a trabalhar e resgatá-los.

Durante o dia, Tito, Odaik, Hagenn, Mike e Makro ficam na sala principal, matando o tempo da forma que conseguem. Em certo momento, Tito começa a divagar e se abrir pela primeira vez, revelando o difícil passado que teve, devido a perda de seus avós e pais...sendo forçado em um mundo cruel onde sua inocência foi perdida. Odaik e Hagenn são complascentes ao sentimento e conversam junto. Enquanto isso, nos andares de cima, Fae e Airi ficam sozinhas, onde rapidamente Airi se transforma no que parecia ser uma ilusão de Chrysallis e ataca Fae vigorosamente até "matá-la". Fae acorda do devaneio que teve e então resolve descansar junto de Airi por alí. Mike brevemente entra em contato com seu superior na A.S.B. o mesmo diz que havia mais um soldado infiltrado em Reddstar, que Mike deveria procurá-lo por perto do palácio.

Com a chegada do anoitecer, o grupo avança guiados por Yurunn em uma carruagem guiada por um Crysoceros  até as minas de cristal, onde passam despercebidos por guardas de plantão e se aventuram mina adentro. O grupo pilota um carrinho que levava minerais e os trilhos os levam até a sala onde o pai de Balud e seus irmãos estavam. Entretanto, eles estavam sendo vigiados por um feitor chamado Morrok e seus templários a sua volta. O episódio termina com o grupo indo em direção do confronto.

(Episódio indisponível para assistir).

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 5 - Sombras do EscuroEdit

Resumo: O episódio inicia no confronto contra Morrok e seus lacaios, onde o grupo elimina os soldados facilmente, mas começam a ter problemas para lutar contra o feitor. A luta se estende por algum tempo, onde Morrok parecia invencível ao assumir uma couraça de pedras e metais, tornando-se uma espécie de golem vivo. Após algumas tentativas, Airi descobre uma abertura nas costas do inimigo juntamente com um pequeno cristal que parecia lhe dar os poderes... Aproveitando a chance, ela o golpei-a com brutalidade numa mistura explosiva e facilmente quebra sua couraça.

Após ser derrotado, uma estranha sombra parece sair de dentro de Morrok, explodindo no nada e sumindo assim como na luta contra Kiren. O grupo então conversa com Morrok e ele não parece lembrar de nada, da luta ou de como havia chego ali, apenas dizendo que podia ver o que fazia mas não podia se controlar, como se estivesse possuído. Os heróis entao liberam BerukBorokBimfurdBosuk e Kromok e se preparam para seguir pra fora das minas. Entretanto, antes de irem, Morrok agradece ao grupo por libertarem de tal "maldição" e diz que irá ajudá-los contra a insanidade do Imperador Crowley, ele começa sua ajuda entregando algumas cartas para o grupo e explicando a origem de misteriosas cartas que poderiam melhorar suas habilidades, conhecidas como Karot Cards.

Partindo dali e libertando os escravos das minas, os heróis reúnem uma quantidade considerável de pessoas que se aliam a Beruk, jurando uma forma de revidar contra as condições desumanas que ele vem colocado milhares de famílias ao trabalharem nas minas de forma obrigatória. O grupo então parte em direção a casa dos goldbattler, mas ao chegarem ali, vêem o General Gregory terminando de tirar sua rapier do peito de Yurunn, finalizando sua vida. 

Furioso e movido por uma extrema força interior, Beruk inicia um confronto contra o o general e por fim, arranca um olho do mesmo, mas perde seu braço direito no processo.Surpreso com a capacidade de Beruk, o general ordena que os soldados matassem os heróis e os anões, mas param ao ver que mais de 600 civis pegam armas improvisadas e protegem os heróis contra as forças do império. Gregory e seus soldados então, recuam através de uma habilidade mágica de teletransporte e ordena que os magosnecromanteselementalistas e magos brancos criem uma união de força gigantesca para "separar" a cidade. 

Os cultistas então fazem isso, focalizando suas energias num raio único que divide a cidade em duas partes, criando uma enorme fissura no meio dela, dividindo Reddstar na parte superior (com o palácio neste lado) e inferior (com a maioria das casas de classe econômica pobre e média deste). Ao longe...uma misteriosa figura os observa no alto de um telhado com seus cabelos e capa ao vento.

O grupo acorda, de volta ao Instituto Sagas e são recebidos calmamente por Albert que nota quando Gustavo não acorda do sonho e então pede para alguns enfermeiros levá-lo para uma bateria de exames, enquanto tranquiliza o grupo e faz perguntas sobre as experiências deles. Pouco tempo depois, a confirmação chega: gustavo está em coma e isso não surpreende muito os protagonistas, quando dizem que viram Genesis morrer em seus sonhos. Eles então são convidados para um jantar fora do instituto para conhecerem algumas pessoas especiais.

Durante o jantar no Restaurante Gobel, os sonhadores são introduzidos ao novo membro que também fazia terapia há algum tempo: Thalles. Alguns minutos depois, o grupo finalmente encontra o ilustríssimo Dr. Alexandre Sagas que conversa e divide o jantar gentilmente com todos da mesa, até o horário de sua partida de volta para o Rio de Janeiro. A conversa com o Dr. Sagas rende algumas breves e nebulosas respostas sobre o processo do sonhar e o que os sonhos significam, levantando mais teorias para os sonhadores.

O episódio termina com o grupo voltando para o instituto, sendo observados por um estranho nas sombras...

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 08/06/2013) AQUI (Parte 1)e AQUI (Parte 2)

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 6 - A sombra, o Sol e a Morte (Parte I)Edit

Resumo: O episódio começa com Thalles e Lahra acordando no Instituto Sagas cerca das 2 da manhã, vendo uma forte luz entrar no quarto dos mesmos por baixo da fresta da porta, os dois decidem investigar. Neste momento João também acorda e resolve seguir com o grupo, quando vêem Albert saindo do que parecia ser uma biblioteca do instituto, apagando a luz e desaparecendo na escuridão... O grupo nota então que o instituto todo estava sem energia elétrica. Ainda curiosa, Lahra tenta ir atrás dele, e embora tenha andado até o fim do corredor, havia voltado para o lado de seus companheiros. Sem entender, o grupo continua tentando mas notam que estão presos em algum tipo de efeito que transformava o corredor em um local sem fim.

O silêncio da escuridão se quebra com uma voz masculina dizendo que eles estavam presos em um "pesadelo" e que não teriam como sai dali se não achassem-o, revelando assim, que ele era a fonte do estranho efeito no corredor. O grupo decide seguir juntos então, conseguindo quebrar a ilusão, mas rapidamente sendo atacados por quadros, lustres, tapetes e outros objetos que pareciam ter vontade própria. Os sonhadores seguem na direção da cozinha do instituto pra ver se encontravam quem estava causando isso tudo. Lá na cozinha encontram com Yuri, que estava fazendo um lanche e não estava sabendo dos ataques. O grupo é atacado novamente por objetos enquanto estão ali, João recebe uma facada no centro da mão e foge juntamente dos outros dali, voltando para o corredor. 

O grupo então segue para uma escadaria que os levava para um andar superior, lá Thalles é atacado com uma cadeirada, mas conseguem seguir até outra sala onde encontram a fonte dos problemas: um homem chamado Kazuya. Os sonhadores então entram num duelo contra ele e não conseguem lidar muito bem, visto que todos seus ataques não funcionavam e o homem parecia invulnerável enquanto estava nas sombras, além de controlá-las. Yuri, entretanto, descobre sua fraqueza e avança contra ele num golpe cego, mas sua intuição revela a posição exata do inimigo e ele golpeia-o com seu florete que refletia a luz da lua (vinda da janela), iluminando o local, quebrando as sombras e perfurando o ombro de Kazuya.

As sombras todas se desfazem e todos os ferimentos dos sonhadores desaparecem. Kazuya aparece então ao lado de Albert, revelando que isto era somente um teste para checar se a transferência de habilidades de seus alter-egos estavam funcionando. Albert comprova o experimento e pede desculpas pelo inconveniente... O grupo então volta a dormir, mergulhando de volta em Grey Avalon.

Em Grey Avalon, os heróis vão para um estabelecimento próximo conhecido como Taverna Guco, onde passam a noite e tentam dar assistência para todos os feridos, escravos e também para Beruk que acabara de perder seu braço direito. No dia seguinte, Beruk já acorda com um braço mecânico criado pelos seus filhos e diz que havia recebido uma runa especial que estava nas mãos de sua falecida mãe, a runa continha uma mensagem mandando Beruk, seus filhos e os heróis para a casa dos goldbattler. O grupo aceita e então vão para lá.

Ao chegar nos escombros da casa dos goldbattler, os heróis, juntamente de Beruk, seus filhos e Morrok encontram um porão misterioso que revela uma carta escrita por Yurunn (ela pode ser lida na página dela). Após descobrirem que precisariam se aventurar em um deserto conhecido como Desert of Steel para recobrarem um artefato chamado Arco da Revelação, que destruiria a barreira de Reddstar, os heróis se reúnem e decidem a melhor estratégia... Levando Bosuk com eles e passando pelo gateway, chegando no deserto.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 15/06/2013) AQUI (Parte 1)AQUI (Parte 2) e AQUI (Parte FINAL)

- 'Leia o LOG aqui

(Offline Quest #1 - Um aviso catastrófico)Edit

Resumo: Estes eventos ocorreram após a divisão de Reddstar ao meio (por volta do episódio 5). Quando o grupo carregou Beruk e foram junto de seus filhos pro Inn, resolveram passaram um tempo no local (fim da noite + manhã). Os eventos destas missões aconteceram neste período de tempo, ou seja, antes de partirem pro Desert of Steel.

Logo após o grupo presenciar o confronto de Beruk contra o General Gregory Stonz (e seus respectivos resultados), os heróis decidem ir para uma taverna próxima para descansarem e também providenciar todo o apoio possível para Beruk e seus filhos que estavam preocupados com seu pai. 

Os heróis caminham pelas ruas de Reddstar, já não tão mais escuras por conta da enorme fissura que dividia a cidade no meio, emanando um forte vapor multicolorido para o alto, impedindo que as pessoas cruzassem para o outro lado. Embalados num vento frio e pelo silêncio daquela população que os acompanhavam, já cansados de sofrerem abusos do império, o grupo chega na taverna; um local simples, com dois andares, luzes vindo de dentro e um ambiente amigável com comida quente para acalmá-los.

Os heróis se instalam no local, alugam quartos individuais e decidem comer algo antes de dormirem. Beruk e seus filhos, entretanto, sobem direto para cuidarem dos ferimentos do patriarca que estava sem seu braço direito. Com o silencioso jantar, os heróis desfrutaram de iguarias muito bem preparadas, o que ajudou a revigorar o espírito de aventura dos mesmos. Durante a refeição, um pequeno >bip< pode ser ouvido de T.A.R.D.I.S (uma espécie de tablet possuído por Odaik), contendo uma mensagem vinda da guilda dos tecnomagos que ele pertencia. O barulho chama a atenção do grupo, e logo em seguida Odaik abre a mensagem para ler: 


"Odaik, as coisas em Velen ainda estão tensas e alguns dos poucos aprendizes que sobreviveram ao ataque na van de transporte que você e seu superior estavam, me disseram que você tentou salvar o Espelho de Hathor mas provavelmente foi capturado pelas forças de Reddstar. Através de um mecanismo de busca, conseguimos encontrar e confirmar sua presença em Reddstar... Temos forças e uma nave disponível para mandarmos resgatá-lo e também resgatar qualquer outro prisioneiro que tiver sido pego com você.

Não sabemos por que você ainda não saiu daí, tampouco se você pode sair daí. De qualquer forma, gostaria que enviássemos uma nave de resgate para você e seus aliados saírem daí?"

Odaik lê isso para os seus aliados e todos ficam pensativos por alguns momentos.... A música da taverna vai ficando longe enquanto os pensamentos dos heróis vai se aprofundando nas possibilidades de finalmente sair de Reddstar. O jovem Odaik aceita a oferta da guilda e manda uma mensagem de volta para eles. A guilda responde falando que uma nave estava a caminho e deveria chegar dentro de 1 hora. O grupo conversa entre si, chegando a conclusão onde Fae e Airi recusaram devido aos laços que formaram com os goldbattler e também as motivações pessoais de cada, decidindo ficar por ali.

Odaik, Tito , Hagenn e Mike  então saem da taverna depois de alguns minutos e se despedem de Fae e Airi brevemente, que ficam ali dentro terminando de comer e depois preparando-se pra irem descansar. Cerca de 1 hora depois, os quatro estavam do lado de fora da taverna, esperando... quando avistam a nave ao longe se aproximando no horizonte. Os heróis mal conseguem ver os detalhes da máquina em si, apenas um triângulo de luzes formado na parte inferior dela. As luzes vão rasgando o céu, chamando certa atenção, quando o grupo nota algo errado nas torres do palácio:

Diversos necromantes e magos de vigia notam a presença da nave e rapidamente concentram suas energias e esforços disparando bolas de fogo e disparos de tubos de luz contra a nave. A máquina tenta algumas manobras aéreas para tentar desviar dos ataques, mas é fatalmente atingida por um raio elétrico de cor avermelhada que atravessa sua carapaça metálica, fazendo-a explodir no alto e cair ao lo longe de Reddstar. Entretanto, os heróis vêem uma caixa preta caindo do céu em frente a eles, quebrando parte do chão e ficando entreaberta, com a trava arrancada. A caixa solta fumaça enquanto é consumida pelo fogo lentamente, ela também parece conter algo dentro de si que não foi consumido pelas chamas.

Notando a caixa negra em chamas que recém havia caído da nave abatida, Odaik, Hagenn, Tito e Mike ficam surpresos com a rapidez da reação de Reddstar e também em silêncio pelas vidas perdidas inutilmente. Em seguida, Odaik dá um passo a frente, fechando seu punho e com uma brisa gelada batendo em seu rosto, movendo seus cabelos com determinação. Ele então junta as duas mãos como se estivesse rezando e toma uma posição ofensiva, fazendo uma movimentação similar à um hadouken, mandando uma onda de ar mágico que apaga as chamas com certa facilidade. 

Hagenn bota a mão no ombro esquerdo de Odaik, entendendo seu silêncio de frustração e fica de prontidão caso algo resolvesse pular daquela caixa. Tito se aproxima da caixa, agachando e analisando-a após o fogo ter sido apagado, dando um sinal de OK pra Odaik com as mãos que tudo parecia certo.

Odaik se aproxima e puxa a tampa de cima da caixa, abrindo-a e vendo o que tinha lá dentro: uma carta retorcida e levemente queimada nas pontas pelo fogo, mas ainda inteira. Ele pega a carta e vê que seu nome estava escrito na parte de trás com uma letra bonita, escrita a mão.

Hagenn e Tito se aproximam, olhando pra ele, quando Odaik abre a carta e lê:

"Odaik,  Sei que faz muito tempo, que você tem inúmeras perguntas e provavelmente um turbilhão de emoções dentro de você deve estar gritando quando pensa nisso, e peço desculpas, mas não posso me revelar no momento. A situação é crítica e soube que você foi capturado e levado pra Reddstar. Espero que os membros de sua guilda tenha conseguido trazer esta carta pra você vivos, o que eu duvido muito...Isso é se você encontrá-la algum dia. De qualquer forma, dentro de alguns dias eu mandarei uma forma de transporte pra você sair daí. Assim que estiver próximo, mandarei um aviso em seu T.A.R.D.I.S.

Mais um coisa: tenha cuidado. Há uma sombra viajando com você e seus aliados. E se não estou errado, ela está prestes a agir. Fique atento.Me desculpe, gostaria que pudêssemos nos falar em melhores condições, mas desde a morte de sua avô temo pela sua segurança.

Destrua / Queime esta carta após terminar de lê-la.

Ass. Seu pai"

Mike não faz nada, olhando para os companheiros. Odaik lê a carta para si mesmo e quebra seu silêncio enquanto voltava pra taverna dizendo: "A carta diz que ajuda virá em breve. E que tem alguém ou algo mau intencionado perigosamente perto de nós. Durmam de olhos abertos.". Tito termina a noite convidando os amigos para tomar uma cerveja na taverna e pensando consigo mesmo: "hmmm...alguém mau intencionado"...

Hagenn conclui consigo mesmo dizendo: "O mau nunca descansa." enquanto manda Caribou vigiar as portas de seus quartos assim que voltarem pra taverna. Sem sobreviventes na nave, sem forma de sair ou reaproveitar algo do veículo, o grupo retorna para onde Fae e Airi estavam...uma esperança em vão queimada no horizonte de Reddstar.


Enquanto isso tudo acontecia, alguns eventos ocorreram com Fae e Airi também.

Durante o tempo que Odaik e os outros saíram para esperar a nave que viria buscá-los, Airi e Fae decidem ficar e se manterem fiéis ao compromisso que honraram com os Goldbattler. As duas ainda ficam um tempo conversando e descansando na taverna, logo após o jantar, mas decidem subir e irem dormir em seus aposentos.

Pouco tempo depois de subirem e se instalarem, as duas se preparam pra dormir, quando Fae ouve uma estranha gargalhada rouca vindo do que parecia ser o armário da taverna. Airi também escutou isso e de certa forma não teve um bom presságio sobre o som. Dando uns passos a frente, com o ranger da madeira em baixo de seus pés, Fae se aproxima do guarda-roupas e abre-o rapidamente e se coloca em prontidão com as garras em formato de X na frente do seu corpo. No mesmo momento, Airi ergue os braços preparando pra arremessar uma poção explosiva se precisasse. 

Para a surpresa da dupla, dentro do guarda-roupa havia uma caixinha daquelas que pula um palhaço de dentro e dá um susto na pessoas, mas ela já estava aberta e com o palhaço com seu corpo de sanfona balançando de um lado para o outro com um sorriso maníaco e rindo no modo automático. Fae e Airi ficam aliviadas por alguns instantes, quando Fae olha curiosa dizendo "É só um brinquedo" pegando a caixinha e mostrando pra Airi, que também olha aliviada.

Sem que elas notassem, uma sombra sai lentamente por baixo da caixa como se fosse um líquido, tão pequeno e sutil que Fae não o sente escorrer pela palma da sua mão. Fae então coloca a caixinha de volta no guarda-roupa e bota o palhaço dentro da sua moradia, fechando as portas do guarda-roupa. As duas então decidem ir dormir, visto que as suspeitas passaram.

A câmera mostra, enquanto Fae caminha, a manchinha negra escorrendo pelos seus dedos e caindo no chão, na sombra de Fae e se misturando com ela, sumindo. Enquanto as duas caminham em direção de suas camas, a luz do quarto mostra a sombra de Fae com um par de olhos e um sorriso vermelho rindo silenciosamente. Airi então desliga a luz e as duas vão dormir. A cena acaba com o quarto escuro e cada uma em sua cama. Sem repararem, a sombra de Fae "sai" do chão, se esticando como se fosse uma silhueta de verdade e observando as duas dormirem, sussurrando:

"Em breve...quando menos esperarem...Assim que eu tiver um corpo."

Episódio 7 - A sombra, o Sol e a Morte (Parte II)Edit

Resumo: Neste episódio, os heróis avançam pelo Desert of Steel  em busca da misteriosa cidade de U'keh. A jornada começa simples através das largas dunas de areia cinzenta do local, mas pouco a pouco eles começam a sofrer os efeitos do calor e desidratação, sendo forçados a testar os limites de suas resistências. Fora o calor, o grupo também é atingido por armadilhas naturais e tempestades de areia que dificultam a viagem, incluindo uma misteriosa e mortal chuva de aço que despeja toneladas de metais e lâminas sobre os heróis que vão desviando. Entretanto, Odaik é atingido no ombro direito por um bloco de metal que abre um rasgo profundo, o fazendo sangrar. O grupo continua fugindo até que encontram um largo arco com sombra para poderem descansar.

Ao chegar no arco, eles notam diversas plantas avermelhadas exatamente onde a sombra estava, Hagenn reconhece-as como as mortais bloodbloons. Todavia, era tarde demais e todo o grupo estava paralisado pelo poderoso pólen que tranca todos os movimentos de Odaik FaeAiriTitoMike e Bosuk que estava acompanhando-os na jornada.  Mike e Odaik rapidamente escapam dos efeitos do pólen com suas habilidades e máscaras que estavam usando antes, ajudando então os outros a se libertarem. Os heróis ainda assim são atacados pelas flores, mas vencem o curto confronto quando Airi e Odaik combinam seus poderes de explosões e fogo para eliminá-las, permitindo que eles descansassem ali.

Embora a batalha estivesse vencida, Odaik e os outros notam que havia algo de errado com ele: ele parecia ter contraído uma doença que, segundo Bosuk, era conhecida como "Febre de Aço" e ela o mataria em 72 horas se não voltassem para Reddstar. Os heróis prosseguem viagem, decidindo (à pedido de Odaik) não voltarem. Eles avançam pelo deserto e finalmente chegam na cidade fantasma de U'keh.

Ali, o grupo encontra pouco tempo depois um ancião com roupas e estilo de indiano que parecia ser a única alma viva por lá. Depois de inúmeras tentativas de tirar alguma resposta do ancião sobre a cura para a doença de Odaik ou mesmo sobre o Arco da Revelação, ele começa a falar e diz que não entregaria o arco para eles, se assustando. Logo em seguida, duas misteriosas figuras surgem: Arya Pridesun e 13. Eles dizem estar representando uma organização conhecida como Arcanos Maiores, vindo ali para impedir que o arco fosse pego pelos heróis, uma vez que o Oráculo deu tais ordens para eles. Pacificamente, os heróis e os arcanos conversam sobre o assunto, até que o ancião se cansa e se sacrifica conjurando o verdadeiro guardião do arco: Dunedust Aberration.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 22/06/2013) AQUI

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 8 - Velhos fins e novos começosEdit

Resumo: Retomando na cena anterior, os heróis haviam encontrado-se com dois dos Arcanos MaioresArya Pridesun e 13, que, revelaram ter como objetivo impedir que os heróis conseguissem o Arco da Revelação pois isso era o que o Oráculo havia pedido. Logo em seguida o misterioso ancião foir devorado pelo verdadeiro guardião do ArcoDunedust Aberration

Nesse momento um tenebroso confronto começa, os heróis ficam divididos sobre o que fazerem para eliminar tamanha criatura feroz, e decidem tentar táticas mais simples, como: ataques diretos e uso de habilidades. Entretanto, descobrem que a criatura estava revestida por uma segunda camada de pele, formada de duras pedras que a protegiam de todo e qualquer dano exterior. É aí então que os dois arcanos maiores resolvem se separar para eliminar este obstáculo, como se soubessem de algo que os heróis não sabiam ainda sobre a cidade, mais tarde revelando ser a presença de enormes bestas de combate e bombas químicas que se encontravam espalhadas em lugares estrategicamente posicionados.

Na tentativa de se livrar dos ataques da criatura, Airi usou um perfume com cheiro de terra em si mesma, notando que a criatura não percebia sua presença assim (uma vez que não tinha olhos, Airi deduziu que ela era guiada por outros sentidos, como o seu olfato). Ao observar Arya e 13 indo para prédios vazios opostos, Hagenn parece notar a presença das armas na cidade também e segue a elfa com o objetivo de também atacar a criatura. Pouco tempo depois, os dois se reúnem num andar ainda em construção que permitia uma visão perfeita da criatura e que tinha a disposição bombas químicas de um poderoso ácido conhecido como KRX9 que tinha a fama de ser mais potente que o ácido sulfúrico. Os dois então alvejam a criatura com ataques, destruindo partes de sua pele rochosa.

Enquanto isso, Airi e Fae também executam ataques com as bombas do ácido, após um breve momento onde notaram a presença das mesmas. Previamente, elas haviam sido atacadas pela criatura, juntamente de Titomas conseguiram voltar para o combate e descobrir a fraqueza da criatura.

Por fim, 13 aparece no outro prédio, enquanto os heróis e Arya bombardeavam a pele rochosa da criatura até que ela deixasse de existir. O arcano da morte então monta em uma besta e dispara contra a criatura, atingindo parte de seus órgãos vitais e deixando-a extremamente furiosa. A criatura entra na terra, abrindo um enorme buraco na areia e sumindo. 

Neste tempo, os heróis ficam sem saber onde a criatura estava, e os Arcanos Maiores desaparecem misteriosamente. Em seguida, a criatura finalmente aparece, mas com um ataque surpresa e devastador engolindo Airi, Fae e BosukO ataque surpreende Tito, Hagenn, Odaik 'e' Mike que procuram e montam então em bestas para atacar a besta de uma vez por todas vingando a "morte" de seus aliados. Entretanto, os três heróis engolidos estavam passando por uma tenebrosa e nojenta aventura por dentro dos órgãos internos da criatura, onde chegam em seu estômago e deparam-se com quatro glândulas digestivas que tentam atacar Airi, digerindo-a. Fae, entretanto, salva sua aliada exatamente no mesmo tempo que Mike e Odaik disparam lanças de ferro conjuntas vindas das bestas, perfurando parte da cabeça do guardião e causando um efeito colateral, fazendo com que ele vomite-as pra fora sã e salvas.

Numa tentativa de finalizar o guardião, 13 e Arya reaparecem e saltam na cabeça da mesma, mostrando que ela tinha uma jóia em sua testa: a Rosa do Deserto, dita como a chave para levar ao Arco da RevelaçãoOs dois tentam extrair a rosa mas falham quando a criatura bate seu corpo contra o chão arremessando todos os presentes pro alto, que eventualmente caem na parte de cima de suas costas enquanto o enorme verme percorre o deserto em fúria, se balançando e tentando removê-los dali.

O confronto final toma parte em cima da criatura, onde os heróis correm até a cabeça dela para extrair a jóia antes que os Arcanos Maiores façam isso. Mike, Tito e Hagenn caem por sorte na cabeça da criatura, juntamente com Arya e 13, e após um breve confronto onde tentam se empurrar pra fora e falham. 13 resolve tomar uma iniciativa então assim que todos os heróis chegam: ele levanta suas mãos e num simples gesto começa a envelhecer todo o grupo (exceto Fae e Airi que não são tão afetadas). As duas então conseguem se desfazer dos arcanos empurrando-os pra fora da criatura e extraem a jóia de sua cabeça. O grupo então voa pro alto com o impacto da morte do guardião.

Após o confronto, o grupo utiliza a Rosa do Deserto que conjura uma enorme arca contendo o Arco da RevelaçãoEntretanto, algo choca os heróis: este arco era o mesmo que Genesis procurava, o mesmo arco que seu pai havia lhe dado mas ele perdera quando era mais jovem. Dentro da arca havia também uma foto parecida com a que Mike carregava consigo (quando pegou do corpo de Genesis), nela o jovem espadachim (mais novo) e seu pai sorriam, com o arco ao lado deles. Unindo os pontos, isso conclui a história de Genesis, que gostaria de ter recuperado o arco de seu pai, mas o fez através de seus amigos. O corpo do guardião vai lentamente diminuindo e se desfazendo, tomando uma forma humana e também clarificando que ele era o pai de Genesis, que, por algum motivo tinha sofrido de uma poderosa maldição que o transformou nesta criatura e somente com sua morte poderia ser livrado da mesma.

Enquanto os heróis descansavam, 13 e Arya reaparecem prontos para tirar o arco das mãos dos heróis, mas neste momento o tempo congela... É então que um misterioso homem chamado Galtel Quisling aparece diante do grupo e com um simples movimento de dedos, faz com que os dois arcanos maiores desapareçam. Ele revela que estava seguindo o grupo desde Reddstar pois também queria quebrar a barreira que o impedia de ir embora da cidade, além de também querer acabar com o império opressor de John Crowley II. Ele se alia aos heróis, curando de forma misteriosa a Febre de Aço de Odaik e o grupo então parte de volta em busca da saída do Desert of Steel

Durante a noite, entretanto, enquanto todos dormiam serenamente... Uma sombra possui o desavisado Caribou que se prepara para assassinar Fae de forma silenciosa. O ato, é impedido por um encantamento preventivo lançado por Galtel, que congela o corpo da criaturinha sem mesmo saber que fez isso.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 29/06/2013) AQUI

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 9 - A gangueEdit

Resumo: Uma cena inicial é vista, onde em uma grande casa com a aparência de estar abandonada, com várias árvores secas a sua volta e afastada das áreas mais povoadas de São Paulo. Neste local, algumas pessoas que se assemelham à punks, ex-médicos, mendigos e outros profissionais que abandonaram suas profissões são vistos conversando entre si como se participassem de um clube secreto. Logo em seguida, uma silhueta sombria é vista orientando essas pessoas à seguirem para um lugar não citado, dizendo que "a hora já havia chego".

Algumas horas dali, estavam os sonhadores LahraJoãoFernandoThalles e Yuri que residiam no Instituto Sagas da cidade e estavam esperando dar a hora do almoço para corresponderem ao convite que Albert havia feito à eles. A hora chega, então o grupo segue para o Restaurante Gobel onde passam um tempo conversando entre si e almoçando. Lahra tem algumas alucinações e se separa do grupo, indo até o banheiro do restaurante. Preocupado com seu bem-estar, Albert segue-a. Pouco tempo depois Lahra volta à mesa sem Albert, e os outros indagam onde ele estava, Lahra responde que não havia visto ele. Em seguida, todos os clientes do restaurante, exceto o grupo caem no sono por um misterioso efeito produzido pelos Refugiados, um grupo composto por pessoas de diversas camadas sociais e econômicas que por algum motivo estavam interessados no grupo de sonhadores. Os protagonistas são então sequestrados e levados pra uma van preta que parte em direção à um local desconhecido. Ainda no restaurante, a cena mostra Kazuya observando isso tudo enquanto passava pela rua... Ele decide seguir os sonhadores através de um taxi.

Cerca de 30 minutos de viagem depois, os sonhadores são colocados numa sala vazia com somente uma lâmpada presa numa corda que ia até teto e uma entrada de ar fechada. Os protagonistas são amarrados por diversas correntes pesadas nos pés e nas mãos, impedindo que se movimentem, mas, não dá muito tempo e João começa a manifestar uma estranha energia quente que quebra as correntes de sua mão como se tivessem sido queimadas. Logo em seguida, um ex-médico refugiado entra no local e se prepara pra torturar Lahra, mas é impedido por João e Fernando que lutam bravamente despertando estranhas forças psíquicas dentro de si, mesmo ainda presos para tirá-lo de perto da moça. Lahra escuta uma voz dentro de sua cabeça dizendo para ela apagar a luz, e ela faz isso chamando uma estranha criatural espectral com o nome de Aboleth que destrói a lâmpada.

Em seguida, os sonhadores ouvem sons diversos e barulho de golpes sendo desferidos na escuridão. Quando o som cessa, um isqueiro é aceso por uma nova pessoa na sala: Kazuya que havia entrado ali através da tubulação de ar com suas sombras e eliminado o médico com a ajuda de Lahra. Ele liberta os capturados e então se preparam para saírem dali. Enquanto caminhavam por um corredor para a próxima área, Yuri sente fortes dores na cabeça e começa a ter sangramentos no seu nariz, preocupando seus companheiros. Ele revela então que tinha um tumor no cérebro, o que choca as pessoas a sua volta. Com algum tempo de descanso, ele parece melhorar e os sonhadores seguem por uma escadaria, chegando na cozinha do local onde combatem dois punks com a ajuda de Kazuya.

Após o breve confronto, eles avistam o hall principal do local com diversos refugiados e, enquanto pensavam como sair dali, Kazuya tenta uma manobra arriscada percorrendo as sombras da sala, mas acaba sendo descoberto por um refugiado e o confronto principal começa. Yuri manifesta diversas habilidades psíquicas durante o combate, sendo capaz de roubar uma arma de fogo de um refugiado e dispará-la com precisão (trocando as balas por misteriosos explosivos), além de possuir extrema agilidade. Lahra continua ajudando os heróis com a convocação de Aboleth, enquanto os outros vão eliminando outros refugiados.

A briga fica mais complicada quando Tatsuo Kojiro, o líder dos refugiados de São Paulo quebra sua invisibilidade e pega Yuri como refém, ameaçando cortar sua barriga com uma afiada espada. Seus amigos ficam tensos e sem saber como reagir, Fernando acaba ficando desesperado e arremessa um bastão contra a cabeça de Yuri dizendo que era culpa dele que estavam todos nessa situação (uma vez que ele tomou frente do confronto). Tatsuo despreza a ação de Fernando e a considera com falta de honra frente à um aliado, pegando então uma pistola e disparando contra o peito do jovem, que cai no chão sangrando e inconsciente.Os sonhadores ficam surpreso e tensos em saber da possibilidade que Fernando estaria morto, mas isso parece despertar uma grande força interior em cada um deles, fazendo com que Yuri desvie de um golpe mortal de Tatsuo com extrema facilidade, além de Thalles espalhar raízes de gelo pela sala que misteriosamente congelam a parte de baixo do corpo de Tatsuo.

Em seguida, Lahra manda Aboleth paralisar o ninja com seus tentáculos, onde João novamente sente a energia flamejante percorrendo seu corpo, disparando duas pequenas bolas de fogo em espiral que atingem o tórax do líder dos refugiados e faz com que ele voe longe, tendo suas pernas decepadas devido ao forte gelo que as segurava contra o chão. Esperando que tivessem vencido e ainda surpresos com aquilo tudo, os sonhadores vêem Tatsuo se levantando e tentando um golpe suicida final, mas é interrompido por uma arma de choque que o deixa inconsciente. Nesse momento, a polícia entra no local juntamente de Albert que resgata os sonhadores e os leva de volta pro instituto.

Assim, Fernando é resgatado também e o médico disse que ele ficaria bem, os outros também só precisariam de alguns poucos cuidados e tudo ficaria em ordem. Por fim, Albert encontra um misterioso anel que havia caído do dedo de Tatsuo. Albert pega o anel e usa-o, tendo uma visão particular de Galtel, revelando que ele era o seu alter-ego.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 06/07/2013) AQUI (Parte 1) e AQUI (Parte 2) 

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 10 - Confronto SangrentoEdit

Resumo: Como cena de abertura, a lua é vista solitária no céu sem estrelas. Ali, uma voz feminia fala consigo mesma continuamente, como se fosse uma sombra que residisse dentro da lua. A voz diz que em breve sua hora de se libertar chegaria e que estava apenas assistindo os acontecimentos de Grey Avalon. A cena termina com uma chuva negra caindo sobre o continente, formando criaturas de sombras em diversos lugares.

Os heróis voltam de suas jornadas no Desert of Steel, após recuperarem com sucesso o Arco da Revelação e a Rosa do Deserto. Ali são recebidos por Morrok, Balud e Makro que os levam para a Taverna do Guco onde passam o dia descansando.Sem os heróis notarem, Caribou salta do ombro de Hagenn e para diante Balud Makro, com intenções desconhecidas e sutilmente maléficas, ele parece atacar os dois...Mas não é revelado o que acontece, apenas vê-se a criatura com sangue nas mãos voltando para a taverna.Ao cair da noite, os heróis recebem uma carta misteriosa trazida por Beruk, dizendo que alguém que eles já haviam encontrado antes gostaria de vê-los novamente para explicar algumas coisas. O encontro ocorreria no complexo subterrâneo de Reddstar.

Os heróis partem, ainda não dando muita falta de Balud Makro. Galtel não os segue nesta missão e fica na taverna descansando. Ao chegar no complexo subterrâneo, os heróis passam por diversos corredores e pequenos perigos naturais que não são o suficiente para pará-los, até chegarem no ponto de encontro: uma sala de depósitos vazia. Ali encontram um misterioso homem vestindo longos mantos cinzentos que os pede para entrarem.

Entrando no local, ainda meio desconfiados, o homem revela-se com sua verdadeira identidade: Kiren'.' Os heróis ficam chocados e a princípio quase o atacam, mas Kiren se mantém inofensivo e explica o que havia acontecido. Ele conta que fora atacado e despachado por guardas do próprio império após sua derrota no confronto anterior que teve com o grupo, e, estranhando essa ação deles ao invés de ajuda, seu corpo flutuou por um longo rio que corre ao lado de Reddstar.  Ele eventualmente foi resgatado por um lenhador e sua filha, que cuidaram dele até seus ferimentos melhorarem um pouco. Embora tenha gostado de ter ficado ali e se apegado aos dois, Kiren decide partir de volta pra Reddstar em busca de respostas e vingança contra a traiçao do império.

Ao chegar em Reddstar, Kiren fora atacado novamente por dois guardas que diziam que ele era o traidor e desertor das ordens do Imperador Crowley II, além de que, não era mais o grande inquisidor das forças de Reddstar. Surpreso com a revelação, Kiren derrota os dois guardas e se infiltra novamente na cidade, desde então buscando respostas pra saber por que ele havia perdido seu cargo e tentando entender as motivações do exército. Adicional à isto, Kiren revela que também não parecia estar sob controle de suas ações, assim como havia acontecido com Morrok previamente. O grupo começa a desconfiar então de uma influência maligna provinda do império sobre as pessoas que o servem.

Kiren então sente algo estranho com o grupo e olha para Caribou, dizendo que havia algo dentro da criatura. Ele então dispara uma energia luminosa contra o familiar de Hagenn e deixa-o inconsciente, mas trás a tona a sombra que se escondia dentro de Caribou há dias: Chrysallis. A maléfica amiga de Fae se revela e então prende todos os heróis com a exceção de Fae, dizendo que ela havia matado Balud e Makro por terem descoberto seu disfarce antes da hora. Um confronto acontece entre as duas e Chrysallis à todo custo parece tentar fazer com que Fae lutasse contra ela, até que por fim, a mesma é derrotada e jogada para longe da sala onde desaparece novamente. Após a batalha, Fae explica por que Chrysallis a seguia e revela que as duas eram melhores amigas até o corpo de Chrysallis começar a se "quebrar". Sem entender, os heróis continuam questionando-a sobre tais aspectos, até Fae revelar com sua energia de Glamour um outro plano existente conhecido como o "Sonhar". Fae explica um pouco sobre o local e o que aconteceu desde então, deixando os heróis reflexivos sobre o que era certo, errado e o que realmente era a realidade. O grupo então parte de volta para taverna, onde pensariam no acontecido e planejariam seus próximos dias.

Cerca de 3 dias depois, os heróis se reúnem juntamente do exército que Beruk treinou e agora estava liderando. Numa noite fria e chuvosa, a Guera Imperial começa quando Odaik profere o tiro final do Arco da Revelação quebrando a barreira que dividia Reddstar ao meio. Os heróis seguem então pela lateral do palácio com o objetivo de contornar as forças de Reddstar e ter uma chance de dividir a atenção do império.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 13/07/2013) AQUI

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 11 - Trovão RealEdit

Resumo: Uma cena inicial é vista em algum lugar longe de Grey Avalon, com a aparência de uma sala escura com um trono e um tapete roxo. No trono, o Oráculo estava sentado coberto pelos seus mantos cinzentos que não revelam sua face nem seu corpo. Mais a frente, 13 e Arya se ajoelham perante à ele e dizem que falharam na missão de recuperar o Arco da Revelação. O Oráculo gentilmente diz que não há problema e ameniza o sofrimento dos dois, dizendo que mandaria outra pessoa para resolver as consequências disso, que também faziam parte de sua visão. Ele manda então o arcano correspondente a carta do Hierofante para a missão de proteger "o viajante do tempo".

Enquanto isso, em Reddstar a guerra continua: os heróis passam por diversos desafios, desde lutas, explosões até barricadas feitas pelo império para impedir o avanço dos soldados. Os heróis vão fazendo seu caminho pelas ruas de Reddstar enquanto são ajudados por Kiren e por outros civis que se aliaram ao exército de Beruk. O grupo chega até a salvar uma garotinha de uma casa em chamas, onde, infelizmente seus pais estavam já mortos.

O grupo continuou seu caminho pelas ruas até encontrar o portão lateral de acesso ao palácio imperial de Reddstar. Entretanto, a jornada do grupo foi interrompida por dois necromantes que convocaram um "experimento" que revelou-se ser uma quimera vinda diretamente de Elysium, terras não tão distantes de Grey Avalon. Os heróis lutaram bravamente contra a criatura e venceram-a, prosseguindo assim em frente.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 20/07/2013) AQUI

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 12 - A Fúria da Estrela VermelhaEdit

Resumo: Inicialmente uma cena com o Oráculo é feita, onde 13 pergunta se o Hierofante realmente conseguiria proteger o tal "viajante do tempo". O Oráculo então começa a explicar o significado da carta do Hierofante e um pouco sobre sua forma de agir, além de personalidade. 13 e Arya escutam e aceitam a decisão de seu mestre, pensativos.

De volta a  Reddstar os heróis adentram ao Palácio Imperial chegando ao hall lateral, onde vêem duas escadarias se unindo e indo em direção à uma porta fechada, no fim da sala. Enquanto na lateral deles, havia outra porta dupla de metal fechada e grades que davam acesso aos esgotos da cidade e um laboratório subterrâneo. O grupo conversa brevemente com Kiren que explica que cada local desses levaria pra uma parte diferente do palácio, sendo as escadarias para a Academia de Magia Imperial, a porta dupla de metal para o Hall Central do palácio e a porta com barras de metais para um laboratório subterrâneo de necromancia. Os heróis decidem ir pelas escadarias e chegar até a academia.

Antes que pudessem sair, são impedidos por Inquisidores do império que tentam frear o avanço dos heróis e também de Kiren, o acusando como traidor de seus discípulos (eles mesmos). Kiren sem nem pensar 2x destrói um de seus aprendizes, dizendo que eles também estavam possuídos por aquela energia maligna e os heróis fazem o mesmo logo em seguida.

O grupo então avança pelo hall até as escadarias e motiva os soldados do exército de Beruk, que conquistam aquela parte do palácio e permitem uma segurança maior enquanto os heróis avançam. Após subir as escadarias e entrar pela porta, o grupo encontra um corredor reto e escuro com paredes estreitas que levava até uma escadaria em espiral para o alto. Ressabiados sobre a segurança do local, Tito, Fae e Odaik tentam identificar por armadilhas presentes no local e não encontram nada às vistas aparentemente, exceto um grunhido constante como se um animal estivesse se preparando para atacar o grupo na melhor chance. Em poucos segundos, Tito descobre uma porta secreta na parede lateral do corredor e abre-a, revelando uma runa desenhada no chão com um encantamento brilhante ativo sobre a mesma. Odaik observa a runa e a desfaz, concluindo que era um feitiço para assustar invasores, uma espécie de som fantasma criado por algum usuário de magia.

Nessa mesma sala os heróis encontram uma fonte que tinha o formato de uma estátua de anjo despejando o que parecia ser um líquido dourado numa bacia. Os heróis analisam por algum tempo e Odaik resolve tomar o primeiro gole, confirmando suas suspeitas de que a água era de origem mágica, assim que ela restaura todos os seus ferimentos e energia espiritual para seus valores máximos. Todos do grupo bebem um pouco da água em seguida e alguns até mesmo guardam-a em recipientes pequenos, partindo então em direção das escadarias no fim do corredor e saindo dessa sala.

Assim que começam a subir as escadarias, o grupo é surpreendido por soldados invadindo o começo do corredor e avançando na direção deles. Eles concluem então que perderam o domínio do hall previamente conquistado e se preparam para fugir subindo as escadarias, quando Fae usa uma de suas Karot Cards (Tudo ou Nada) e causa certa confusão entre os soldados sobre qual caminho era o correto, fazendo com que eles se atrapalhem e permitindo aos heróis fugirem com uma vantagem de distância inicial. Durante o caminho, uma catapulta é acionada do lado de fora contra a torre que o grupo estava subindo, e o impacto atinge principalmente Tito, o arremessando pra cima com força e causando ferimentos médios.

Isso não impede que os heróis sigam adiante e então encontram uma porta que os leva diretamente para a Academia de Magia Imperial, onde por alguns minutos observam as estantes de livros e papéis expostos por ali, não vendo ninguém no local. O grupo encontra também um enorme cristal de quase 3 metros de altura encrustado no centro da sala, emanando uma forte energia azulada. Enquanto isso, Mike descobre papéis que envolviam relatos sobre Kiren onde diziam que não entendiam a relação dele com o Imperador Crowley II, mas que eles eram de alguma forma ligados. Os relatos também dizem que após Kiren ser derrotado pelo Airi, Tito, Fae, GenesisOdaikMikeele havia "perdido" a utilidade e por isso se desfizeram de seu corpo (mesmo que ainda com vida) num rio próximo.

Enquanto isso acontecia, Hagenn adquire um misterioso livro de capa dura e negra com diversas correntes metálicas e um cadeado em seu centro, guardando-o consigo. Nesse momento, os heróis são interrompidos por um som de guitarra e em seguida vêem um homem se revelar com o nome de ShinjiKiren revela que ele era um dos 4 Generais, responsável pela divisão de estratégia do exército, e também, antigo companheiro de missões dele. Shinji tenta convencer os heróis a desistirem da empreitada contra o império e dá até mesmo a oportunidade de abandonarem o palácio sem serem feridos ou perseguidos. O grupo não aceita e então começa a questionar os ideais de Shinji, que diz que trabalhava para o imperador pois ele lhe pagava bem, além de permitir executar suas habilidades musicais da forma que ele bem entender por onde quiser. Shinji inicialmente mantém sua posição e não cede aos heróis, até que Odaik e Fae começam a agir mentalmente sobre o guitarrista para que ele se aliasse ao grupo e visse que ficar ao lado do império e lutar agora não era uma escolha sábia.

Confuso, Shinji começa a ficar pensativo e diz que poderia se unir ao grupo desde que o pagassem bem no fim. Incomodado com a decisão, Kiren diz que não trabalharia com alguém que estava "manchado" pela corrupção do império e propõe a escolha para o grupo: ou ficariam com Kiren, ou com Shinji.  Não querendo escolher entre um ou outro, Fae e Odaik conseguem também agir sobre o comportamento de Kiren e convencê-lo que trabalhar junto com Shinji seria a melhor opção por agora, já que queriam acabar com a ditadura do império.

Quando Kiren estava quase aceitando, Tito esbraveja contra o ex-grande inquisidor do império, dizendo que se ele quisesse ir embora que poderia ir e ele não ligava, já que era o culpado pela morte do antigo amigo dos heróis: Genesis. Não recuando, Kiren tenta enfrentar Tito o ameaçando e quase iniciando um confronto, mas ambos são separados por Mike que acalma os nervos deles e permite que seguissem adiante.

Por fim, Kiren destrói o cristal da sala juntamente de Odaik. Os efeitos colaterais são imediatos: todos os usuários de magia que estavam aliados ao império (necromantes, magos, elementalistas, inquisidores e magos brancos) se desprendem de uma sombra que estava em seus corpos. Tomando consciência de suas ações, esses usuários de magia agora se aliavam ao exército de Beruk, trazendo um novo brilho para a guerra imperial.

Seguindo para a próxima área, o grupo encontra uma sala enorme de banquetes com várias mesas, comidas apetitosas, frutas, sucos, bebidas e outras coisas que tentam-os à comer.... Entretanto, algo estranho estava no ar: várias pessoas dormindo em cima das mesas como se nem tivessem terminado suas refeições. Nobres, amigos do império, soldados e outras pessoas permaneciam ali, imóveis. Enquanto Odaik pegava o T.A.R.D.I.S para analisar a procedência dos alimentos, Fae acabou ingerindo uma perna de frango devido a sua fome, o que lhe fez ficar possivelmente envenenada.

Nesse momento, uma risada quebra o silêncio da sala e revela um jovem de 17 anos que estava vestido como se fosse um bobo da corte; era Rotan, um dos 4 Generais, responsável pela divisão de espionagem e ensino do exército, e também, antigo companheiro de missões de ShinjiKiren e o General Gregory. Rotan diz que Fae morreria em breve e se tornaria "algo diferente", mas a comida parece não ter efeito sobre ela no fim das contas (efeito da vantagem "Puro" de Mago Branco). Irritado e curioso com isso, Rotan desaparece e manda todos os indivíduos dormentes ali atacarem os heróis, revelando que eles estavam infectados por alguma coisa estranha que havia tornado-os nos temidos raivosos.

Os heróis combatem os raivosos com uma luta sangrenta e vencem, apenas com Hagenn sendo ferido levemente por uma mordida de um deles. Nesse momento, Rotan aparece e se prepara para confrontar os heróis.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 27/07/2013) AQUI

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 13 - O Mímico, O Sacrifício e O RetornoEdit

Resumo: Antes de confrontarem o mímico insano, Kiren e Shinji revelam que não lutariam contra ele pois o garoto tinha um traço peculiar de observar os outros para aprender seus ataques, suas habilidades e suas fraquezas. Eles revelam então que por terem sido companheiro de lutas e exército com ele, o jovem mímico sabia de todas as fraquezas e estratégias que eles poderiam empregar, mantendo-se assim fora de combate. Kiren e Shinji também contam um pouco sobre a história de Rotan conforme o jovem olhava entediado para eles e o grupo, mas ainda em silêncio como se revivesse as memórias também.

É dito que Rotan fora abandonado quando criança em um lugar da Alem-Muralha de Elysium por volta de 10 anos e ali acabou aprendendo a crescer e se virar, mesmo que não tendo boas habilidades de combate, eventualmente encontrou aliados para sua jornada e aprendeu como eles se comportavam e lutavam, por observá-los. Quando estavam para conseguir voltar para Elysium, ele matou a todos os seus antigos amigos, utilizando suas próprias fraquezas contra eles, e ficou com a fama toda só para si. Aprendeu lá como as pessoas se tornavam raivosos, e a manipular os mesmos de formas diversas. 

Rotan interrompe então os dois e começa a atacar os heróis, baseado nos golpes dos mesmos. Isso pode ser explicado pelo fato dele revelar que observou o grupo durante a luta deles contra a Quimera Imperial e memorizou seus golpes e estilo de luta, além de seus pontos fracos. A luta então se desenvolve e o grupo parece ter dificuldade de atingir o jovem mímico, mas eventualmente começam a elaborar estratégias que ele não esperava, como Odaik usar sua telepatia para prender Rotan contra o chão enquanto seus aliados atacavam de formas diversas, impedindo que o mímico prevesse tais ações.

Finalmente então, quando o grupo parecia estar vencendo o jovem menestrel, ele surpreende-os com uma habilidade poderosa que distorce a realidade a sua volta criando uma profunda escuridão, enquanto linhas invisíveis e finas manipulavam os heróis todos como se fossem marionetes de Rotan. Ele começa então a brincar com todos, expondo-os às suas fraquezas mais notórias como: a alergia à pêlos de gatos e cães de Airi, a alergia de pólen de Hagenn, o vício em se teleportar de Odaik, e o forte código de conduta de Fae

Enquanto se divertia com o sofrimento alheio, Rotan entra numa onda de fúria e insanidade acentuada, surtando num estado psicótico e altamente agressivo por onde tenta matar os heróis um por um, começando por Odaik, cujo tenta quebrar o pescoço com a manipulação dos fios invisíveis. Nesse momento, Odaik resiste com todas suas forças e seu destino faz uma intervenção magistral, colocando o quinto Arcano Maior: O Hierofante, para ajudá-lo.

Revelado mais tarde pelo nome de Soran, o arcano então age rapida e precisamente contra o garoto, colocando suas mãos em seu rosto e envolvendo-o num tubo de energia e fogo branco que o consomem numa fúria divina, impedindo assim que Rotan quebrasse o pescoço de Odaik, conforme planejava. Após salvar os heróis, as sombras criadas pelo mímico desabam juntamente de seu corpo, com Soran parando ali e observando o grupo. Após as devidas apresentações, ele diz que o grupo precisava ter calma e cuidado por onde andavam, pois a sombra da morte estava à espreita deles. Soran desaparece então, após afirmar que não havia vindo para atacar os heróis ou impedí-los, assim como 13 e Arya fizeram anteriormente e, explica que os caminhos que o Oráculo escolhe são misteriosos, e por isso eles não eram nem aliados, nem inimigos... Desaparecendo pelos corredores do palácio imperial.

O grupo continua pelos corredores do palácio e chegam num local onde vêem um elevador sabotado e com a parte mecânica destruída. Ali estavam Bosuk e Borok, além de outros soldados da milícia de Beruk. Os heróis se reúnem com eles e os dois irmãos anões decidem através de duas alavancas e cordas de metal, erguer o elevador para os heróis enquanto subiam e faziam se caminho adiante. O grupo escolhe subir e não fica ninguém ali fora os soldados para protegerem os anões e então enquanto sobem, passam por alguns combates simples que não os impedem de chegar a próxima área.

Entretanto, sem saberem, Bosuk é atingido por diversas flechas inimigas enquanto um confronto acontecia, mas persiste em continuar levantando o elevador para que os heróis chegassem ao seu destino. Borok tenta ajudar o irmão mais velho, mas o mesmo falece em seus braços enquanto dizia que estava feliz por poder ir ver sua mãe e avó de novo, pedindo pra que Borok e os outros protegessem os heróis, para que a guerra não fosse em vão.

Chegando num enorme corredor sombrio e cheio de corpos de ambos os soldados, o grupo encontra uma enorme porta dupla de metal que estava fechada, além de outra dourada com uma aura avermelhada. Entretanto, algo chama a atenção dos mesmos: dois guarda-costas negros de terno estavam debatendo algo com Morrok, que havia chego ali antes do elevador ser sabotado. Os dois guarda-costas revelam que são os reforços enviados pelo pai de Odaik dias atrás quando os reforços foram eliminados pelas forças de Reddstar (ver offline quest #1, depois do episódio 6) e dizem que vieram buscar o mago e seus aliados para um lugar seguro, abandonando assim a guerra imperial. O grupo pensa por um tempo e Odaik quase aceita, mas todos ficam ao lado dos seus aliados feitos nessa jornada e dispensam os dois. Logo depois, Borok, Beruk, Kromok e outros soldados chegam ali, completando o time dos aliados juntos de Kiren, Shinji, Morrok e Bimfurd.

Numa cena final, um dragão de sombras invade o corredor, quebrando metade dele e conjurando soldados feitos de sombras para atacar os heróis e seus aliados, mas os protagonistas são protegidos por seus companheiros que se colocam na frente deles, prontos para lutar contra as forças sombrias enquanto eles avançam pela porta de metal que é aberta por Morrok na sua forma de Golem. Os heróis entram e se deparam com uma sala do trono diferente do esperado, e ali vêem somente uma pessoa: o General Gregory, que os aguardava para uma luta final.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 03/08/2013) AQUI

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 14 - Estrela DeCadenteEdit

Resumo: Antes do confronto iniciar, os heróis são confrontados verbalmente pelo General Gregory que questiona os ideais e motivações do grupo por terem chego ali. Suas falas inquietam e provocam o grupo tocando em pontos desde o número de vidas que tiraram para chegarem até ali e se os ideais dos mesmos eram tão diferentes dos dele, já que para isso precisaram causar tanta destruição.

Gregory também os provoca dizendo que Yurunn e os Goldbattler estavam morrendo do lado de fora por conta dos ataques do exército e de criaturas sombrias enquanto eles se preparavam para combatê-lo, tentando desestabilizá-los emocionalmente. O grupo se mantém calmo e retruca as provocações de Gregory, questionando suas motivações também e tentando convencê-lo que essa guerra toda era uma insanidade imensa dele e do Imperador Crowley. Por fim, antes da luta iniciar, Gregory pergunta pela última vez por que eles lutavam por algo que nem ao menos era deles, mas que foram arrastados por conta de acasos do destino. Os heróis respondem determinados que a guerra era deles também, uma vez que criaram laços de amizade e entendiam o sofrimento que a população passava nas mãos do governo tirânico.

O tenso confronto então começa, onde os heróis dão o máximo de si para vencer o último general restante em seus caminhos até o imperador. A batalha não é fácil e o grupo fica impressionado com a agilidade, precisão e força que Gregory demonstra, sendo capaz de executar golpes devastantes e sangrentos que por muito pouco não os matam em inúmeras manobras.

Adicionando um grande fator de risco no confronto, toda vez que os heróis atacavam-o com alguma de suas habilidades ou golpes, o mesmo revidava em mesmo tom (ou maior) forçando-os a desviar ou tentarem esquivar para se manterem vivos, mas, em muitas ocasiões isso acaba levando-os a receber podersos golpes e rasgos feitos pela espada do general. 

Durante o confronto, Gregory revela seu plano mestre onde ele apenas precisava eliminar os heróis e conseguir o espelho para ascender ao trono de novo imperador de Reddstar, uma vez que pretendia trair Crowley pois julgava seu reinado como fraco e passivo demais. O general também revela que ele obedecia ordens de um "mestre maior", que estava por trás de suas decisões e influência pelas forças do exército. Esse mesmo mestre era o que havia prometido uma enorme quantia de poder e ascenção ao trono caso ele conseguisse eliminar os obstáculos em seu caminho.

Isso surpreende de certa forma o grupo, mostrando e confirmando as suspeitas que eles tinham de que realmente há "algo maior" por trás dessa guerra toda e a obtenção do espelho. Quando os heróis pareciam estar começando a vencer a batalha, Gregory começa a carregar uma habilidade chamada "Requiem Dourado", emanando uma forte e brilhante luz de si como se fosse um golpe final capaz de matar todos num piscar de olhos.

A habilidade, entretanto, é interrompida pela miraculosa chegada de Balud e Makro que até então estavam desaparecidos (e considerados mortos por alguns). Os dois aventureiros desestabilizam a habilidade de Gregory e permitem que todos os heróis combinem um ataque único para finalizá-lo de uma vez por todas, onde, Tito abre a guarda do general com um disparo extremamente preciso, Odaik e Hagenn unem forças mágicas numa bola de luz e espinhos de gelo que cegam e perfuram o corpo de Gregory enquanto Mike corre até o mesmo e executa um soco tão perfeitamente conjunto e simultâneo com raios multicoloridos provindos das antenas de Fae e um frasco explosivo de Airi, dando a impressão que o soco final dele explode o corpo do general em chamas.

Gregory morre então, sendo consumido pelas chamas que esvaecem seu corpo pelos ares, enquanto seus gritos de dor e fúria podem ser ouvidos de longe. A cena, então corta pra como se os heróis ouvissem o relato e trajetória de vida de Gregory como se fosse contada por alguém, no futuro em forma de história. 

Logo após isso, os heróis descansam com seus corpos exauridos, sangrando e sujos. Nesse momento, entretanto, Kiren, Beruk, Kromok, Borok, Bimfurd, Morrok e Shinji entram na sala, também feridos e sujos por conta do confronto externo que tinham enquanto o grupo lutava. O reencontro de pai e filho (Beruk e Balud) acontece então, onde o robusto anão revela que havia pensado que Balud tinha morrido, assim como seus irmãos pensavam o mesmo. Balud fica feliz em rever seu pai e irmãos e então explica a história real: quando foi atacado por Caribou na parte externa da Taverna do Guco, Makro tentou morder o pequeno familiar e causou um sangramento em sua mão, mas uma enorme sombra térrea assustou o anão e seu cão fiel, mandando-os para uma espécie de portal interdimensional, que mais tarde o jogaria em outro plano de existência: O Sonhar. Enquanto estava lá, Balud foi guiado por duas luzes que ele acredita ser o espírito de Yurunn e o outro de sua mãe já falecida.

Entendo a explicação de seu filho e ficando aliviado por tê-lo de volta, Beruk o abraça mas logo é tomado pelo pesar da perda de seu filho mais velho: Bosuk. Balud diz que já sabia e também estava triste, e isso acerta a moral dos heróis em cheio, uma vez que eles não sabiam ainda que o anão havia morrido protegendo a segurança deles enquanto subia o elevador.

Por fim, o centro da sala revela-se como uma plataforma, um elevador que os levaria a verdadeira sala do trono. O grupo se reúne e se prepara para subir, tendo imagens desde o começo de suas jornadas passando por suas mentes. Nesse momento, Galtel aparece na sala e diz que havia sido vítima de uma pequena armadilha, mas que conseguira contornar a situação e alcançá-los para seguir pra sala do trono.

O grupo completo então sobe e chega na verdadeira sala do trono, onde deparam-se com um bizarro e tenso local, além de um trono enorme com Crowley sentado, possuindo um semblante sombrio e distante. Os heróis proclamam então que o reinado de Crowley havia chegado ao fim, que ele poderia se retirar de forma pacífica e terminar isso tudo naquele momento. O imperador concorda e diz que eles haviam vencido, mas que a guerra estava longe de terminar, uma vez que o espelho estava em "mãos aliadas" e era uma questão de tempo para que ele conseguisse reconquistá-lo.

Crowley também revela que por obter o espelho, ele conseguiria reviver seu filho morto e satisfazer as vontades de um "mestre superior" (fato esse que parece ser o mesmo que Gregory havia falado). Os heróis se surpreendem e então Mike faz uma revelação bombástica, de quando estava na Academia de Magia Imperial e pegou uns papéis em cima de uma mesa com fotos e informações sobre Kiren; revelando então que Kiren era filho de Crowley. 

Surpresos e pegos despreparados sobre isso, Crowley parece ter uma epifania falando sobre "pesquisas" que fez e parece ligar pontos mentalmente, aceitando o fato com certa raiva e insanidade. Kiren, entretanto, fica sem saber o que dizer e é consumido por uma enorme fúria que o faz atacar instintivamente o imperador por falar coisas sem sentido. O imperador bloqueia a energia de Kiren com um raio negro que também aprisiona todos os heróis no chão. Os dois disputam a energia por alguns segundos, até que uma explosão acontece e a visão de todos fica ofuscada. 

Após tudo voltar ao normal, eles vêem Crowley fugindo através de janelas quebradas atrás do seu trono e entrando em naves imperiais que fogem ao longe. Kiren corre atrás dele e deixa os heróis, cego pela fúria e inconformação que sentia. Entretanto, o anel que Hagenn possuia consigo e que fora dado por Yurunn brilha intensamente e liberta todos da energia maléfica, permitindo que eles corram atrás dos dois.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 10/08/2013) AQUI (Parte 1) e AQUI (Parte 2) .

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 15 - Novas AliançasEdit

Resumo: Numa cena de introdução, a lua cheia é vista no céu negro de Grey Avalon, com uma película roxa de energia em volta de si e ficando mais enfraquecida conforme os minutos passam. Logo depois, uma voz feminina pode ser ouvida dali, dizendo coisas misteriosas a priori, mas que resumiam no encontro de dua pessoas destinadas para que ela pudesse acordar e espalhar a grande calamidade por esse mundo também.

Voltando a perseguição no palácio imperial de Reddstar, os heróis observam enquanto Crowley fugia em sua nave juntamente de outras 5 o escoltando, até que percebem uma nave estacionada no terraço onde eles partiram. A nave parecia sabotada e incapaz de levantar vôo. Nesse momento então, Tito e Airi se unem para tentar consertar o painel de controle externo da nave. Tito consegue ajeitar os fios e cabos com maestria e também aproveitando a ajuda de Airi com uma super-cola que ela tinha consigo, fazendo com que a nave pudesse agora levantar vôo.

O grupo então se despede de BerukKromokBorokBimfurdMorrokBalud e Makro que dizem que não poderiam acompanhá-los pois precisavam proteger Reddstar para que nenhuma das conquistas que eles tinham feito até então fossem em vão. Com certo saudosismo dentro de seus corações, eles partem, mas antes, Balud e Makro se aproximam de Airi e prometem que reencontrarão ela algum dia para viverem uma aventura fora dali. O grupo parte então deixando seus antigos aliados no terraço e vão em busca da perseguição por Crowley. Ainda no terraço do palácio, Morrok diz para Beruk que sentia que isso não estava tão perto de terminar, sentia também que algo grande os esperava em seus destinos.

Durante a viagem, enquanto Tito assumia os controles de pilotagem, um míssil passa por eles e quase os atinge causando uma grande explosão. Quando os heróis olham pela janela, notam uma nave parecida com um caça e contendo duas pessoas ali dentro: os guarda-costas gêmeos, que previamente ofereceram ajuda para Odaik e seus aliados pra fugirem da guerra. O grupo também nota que eles estavam possuídos por duas estranhas sombras que se assemelhavam à parasitas, pressupondo assim que não estavam sob controle de suas ações.

A nave aliada então entra em combate contra o caça inimigo que havia avisado que iriam derrubá-los por não terem vindo com eles. Sem entender, Airi se recusa a ajudar Hagenn, Mike, Tito e Odaik que optam por atirar contra eles usando metralhadoras da nave, por julgar injusto matá-los por algo que não estavam sob controle de suas ações. Os heróis então pensam um pouco e após um breve confronto e trocas de tiros, opta por tentar desestabilizá-los de alguma forma sem que eles morressem no processo. Fae surpreende a todos e salta por uma das janelas, se jogando contra o caça inimigo e com a ajuda da manipulação de telecinese de Odaik, atinge o vidro da frente de comando do caça feito uma bala de canhão.

Ao cair ali, Fae tenta desestabilizar os dois seguranças que lutam de volta com fúria e vontade, quase jogando Fae para fora e causando sua morte. Odaik e Mike, então, resolvem pedir para Tito se aproximar com a nave do caça para que eles se teleportassem para lá, ajudando Fae em seu confronto. Mike e Odaik então eliminam as sombras que possuiam os dois seguranças, enquanto isso tudo acontecia, Airi usa uma carta de sua manga e nota que a nave onde estavam possuia uma besta enorme que disparava um harpão com uma corda de aço presa em si. Ela dispara o projétil contra a nave inimiga e rapidamente percorre a corda, saltando no caça inimigo e tomando conta dos controles enquanto seus aliados se recuperavam.

O grupo chega então nas proximidades de uma cidade, vendo enormes torres de prédios, e para não batarem fazem manobras mirabolantes que acabam permitindo um pouso no aeroporto da cidade. Quando abrem seus olhos, eles vêem então que estão de volta à uma conhecida cidade: Velen.

Rapidamente uma multidão de curiosos se forma próximo de onde eles aterrisaram de forma desastrosa, repórteres, câmeras, fofoqueiros e outros... Mas algo se aproxima do grupo com maior ímpeto: soldados da A.S.B. que reconhecem Mike no grupo e ficam felizes por vê-lo. Mike é complascente com o sentimento e retribui, dizendo que era bom ver seus companheiros de novo, enquanto eles, dizem que pensavam que Mike estava morto, mas agora que sobreviveu ao sequestro em Reddstar, deveria descansar antes de qualquer coisa (junto com seus aliados).

O grupo então é levado pra um hotel 5 estrelas na parte nobre de Velen, conhecido como Hotel Casablanca. Ali o grupo se alimenta pela primeira vez em algum longo tempo, embora estejam todos sujos de tudo o que viveram até agora. Durante o jantar, são visitados pelo Prefeito Hopkins, que é simpático e cordial com todos, dando as boas-vindas na cidade, além de ficar surpreso com o fato de Mike ter retornado.

O clima amigável, entretanto, é rapidamente quebrado quando o prefeito comenta sobre a situação de Velen: bandidos, gangsters, motoqueiros, mafiosos e ladrões de todos os tipos emergiram para se aproveitarem do estado caótico da cidade, enquanto a A.S.B. e a polícia lutavam contra as forças de Reddstar. O prefeito diz que duas grandes gangues de bandidos e motoqueiros uniram forças nessa situação: a Dead Beats Gang e a Blacksteel Gang. Essas gangues e outras menores haviam roubado o Espelho de Hathor da possessão da A.S.B. enquanto as forças de Reddstar atacavam diversos pontos da cidade, e por isso, eles estavam preocupados. Existem boatos também de que as forças remanescentes de Reddstar estavam considerando se aliar e fazer um acordo com os membros das gangues, visto que eles possuíam o espelho... Somado com o fato de que o Imperador Crowley havia vindo para Velen (mas não se sabia onde exatamente) a preocupação só aumentou.

Mike garante que trabalharia no caso e o prefeito fica feliz com a decisão do mesmo, dizendo que uma condução pegaria ele e seus aliados no dia seguinte após o almoço para irem pra Torre Jakob, onde encontrariam também os mais novos aliados da A.S.B: a guilda de Tecnomagos.

Os heróis todos então sobem pros quartos onde ficariam hospedados, para então descansarem. Airi fica no quarto com Fae, Odaik com Kiren, Tito com Mike e Hagenn com Shinji, enquanto Galtel havia ficado num quarto separado. Durante a estadia deles, Tito recebe um telefonema que é atendido por Mike, a voz masculina do outro lado insistia para falar com Tito, embora ele estivesse no banheiro e recusando a tarefa. Ele dizia ser um assunto referente a moto que Tito tanto procurava.

Em duas cenas finais, Chrysallis é vista observando o hotel onde o grupo estava, dizendo que precisava agir rápido antes que "a calamidade" acontecesse. A outra cena, mostra um grupo de aventureiros desconhecidos se aproximando de Grey Avalon, vindos de Elysium... Eram os heróis Raddos, Code Oak, Yatatso, Lugosi e Dueror.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 17/08/2013) AQUI

- 'Leia o LOG aqui

Episódio 16 - A batalha pela vida de todosEdit

Resumo: O episódio tem início mostrando duas cenas diferentes: A primeira mostra o aeroporto internacional de Velen, onde uma misteriosa nave se aproximava e pousava, revelando os heróis de ElysiumRaddosCode OakYatatsoLugosi e Dueror. Eles se encontram com uma jovem mulher chamada Lyliam que parecia ter alguma conexão com Code e fala sobre os problemas da cidade na atualidade. Ela comenta sobre um estranho laboratório que estava operando em algum lugar de Velen e pede a ajuda dos heróis para resolver a situação, mas diz que eles teriam um reforço extra: Mike e Odaik, que haviam sido chamados ali pela ASB e a guilda dos tecnomagos (que agora eram aliados e tinham conexões com Lyliam) para ajudar nessa empreitada.

Achando desnecessária tanta mobilização de força, Dueror e Lugosi são designados para investigar o distrito industrial da cidade onde notícias corriam sobre pessoas agindo de forma estranha e alguns humanos corrompidos e extremamente violentos (que lembravam os raivosos do Alem-Muralha) tinham aparecido. Os dois seguem para lá com o objetivo então de aumentar a eficiência da missão, enquanto os outros agem no foco do problema.

Na segunda cena, Fae, Airi, Hagenn, Kiren, Shinji, Tito e Galtel se reúnem pela manhã no saguão do Hotel Casablanca onde estavam hospedados e estranham a ausência de Mike e Odaik. Quando perguntam sobre os dois aliados para os funcionários dali, um garçom trás um notebook especial que continha uma mensagem endereçada ao grupo, dizendo que era um recado dos dois membros sumidos. Na mensagem virtual, Odaik e Mike relatavam que haviam sido convocados pela ASB e a guilda dos tecnomagos que agora trabalhavam juntas em prol da segurança de Velen, para investigarem e resolverem uma possível ameaça num laboratório não longe dali que estava conduzindo experimentos de origem duvidosa. Os dois saíram logo de manhã, então, e não avisaram nenhum deles pois não acharem que a missão seria de tão grave necessidade, além do que eles contavam com possíveis reforços. Embora os dois não estivessem alí, eles deixaram uma mensagem de extrema valia para o grupo: O Espelho de Hathor havia sido visto pela última vez na área industrial de Velen, sob o domínio de soldados de Reddstar que pareciam estar entrando em contato com motoqueiros gangsters.

Kiren, Shinji e Galtel dizem que iriam por uma rota alternativa enquanto o restante seguiam diretamente para lá, com a justificativa de que isso aumentaria as chances deles capturarem qualquer um que tentasse fugir com o espelho. O grupo então parte em direção ao distrito industrial.Não muito tempo depois dos heróis de Grey Avalon chegarem no local indicado, que mostrava-se ser um ambiente escuro, sujo e cheio de poluição, além de poucas pessoas (fora os gangsters e motoqueiros) presentes.

O grupo é abordado por um membro de uma gangue de motos, que parecia estar sozinho, bêbado e agressivo. Ele tentou atacar os heróis meramente por que quis, e durante o conflito, o grupo nota partes mecânicas em seu corpo, como uma perna inteira e parte de seu abdômen. Logo em seguida, seu corpo todo começa a perder pele e carne no mesmo ritmo que vai golpeando os heróis e eles não conseguem se livrar do homem, que havia se tornado um horror vivo. Numa intervenção de último segundo, disparos fumegantes saem de uma pistola próxima e os heróis avistam um golem negro com um par delas, apontando para o homem que estava com parte do seu peitoral perfurado pelos tiros. Logo em seguida, um enorme urso com um chifre roxo em sua testa aparece e executa golpes violentos de investida e esgrima contra o motoqueiro, que cai morto no chão. É aí que o grupo se encontra com Dueror e Lugosi, que viram que as tais criaturas realmente existiam e não eram balela de Lyliam.

O grupo se une por acharem que tem melhores chances de sobreviverem juntos, e também por terem um objetivo em comum, enquanto os membros do time de Elysium investigam esses seres horripilantes, os heróis de Grey Avalon buscam pelo espelho, que é revelado estar por perto.

Logo depois que os heróis se apresentam uns aos outros e começam a entender a situação, um velho amigo de tito, Fran, sai de um bar próximo e conversa com ele, avisando-o que havia tentado ligar na noite anterior para ele mas não tinha conseguido. Fran explica que a moto de Tito estava sob a possessão do líder da Blacksteel Gang e Dead Beats Gang, que haviam se aliado. Isso motiva todos para continuarem adiante, quando notam um grupo de motoqueiros conversando entre si e descendo por uma rua escura, enquanto um dos membros parecia ser um soldado de Reddstar disfarçado.

Os heróis seguem o grupo pela rua escura e tenebrosa, escutando suas conversas sobre entregar o espelho para o soldado de Reddstar, já que o artefato estava sob possessão dos motoqueiros... desde que ele pagasse uma boa quantia em dinheiro que havia sido prometida pelo Imperador John Crowley II. Os inimigos entram num casebre abandonado e somem das vistas do grupo, que os seguem logo depois e passam por alguns conflitos e desafios no local, até chegarem numa porta subterrânea que levava à um acesso subterrâneo.

Ali, o grupo luta contra duas criaturas asquerosas conhecidas como ratodilos, mas vencem. O grupo contnua indo até encontrar e ouvir mais conversas dos motoqueiros e do soldado, que falavam sobre a proximidade da transação final e consequente obtenção do espelho. Enquanto o grupo subia para a superfície, seguindo os inimigos, Chrysallis tenta se aproximar silenciosamente deles para atacá-los, mas falha e continua na espreita mas fora da visão deles.

Quando terminam de subir, eles se vêem numa área meio afastada de Velen; um enorme e deserto ferro velho. Eles tentam rastrear os inimigos que não estavam mais a vista mas são rendidos e surpreendidos por uma larga quantia de motoqueiros e gangsters que os notam vagando pelo ferro veho, levando todos assim para algum lugar e impedindo que o grupo reagisse.

É então que os heróis algum tempo depois são surpreendidos e capturados de vez; todos ficam enfileirados no que parecia ser uma enorme plataforma com cordas de metal em seus pescoços, mãos e pés para que eles fossem executados por enforcamento. Diversos motoqueiros e gangsters guardavam a área para previnir que eles reagissem, além de terem desarmado-os. O grupo assiste inutilmente enquanto notam que aquele soldado de Reddstar que haviam visto começa a fazer negociações com os motoqueiros mais a frente, e pega uma mala onde supostamente haveria o espelho de Hathor. Vendo que havia sido enganado por um espelho falso, o soldado sente-se traído mas, rapidamente seus colegas que há pouco apareceram são executados brutalmente pelos motoqueiros.

Num movimento rápido de reação quando estava prestes a ser morto também, o soldado usa um cinturão místico que emana uma forte poeira roxa em volta dele, transformando quase 80% dos motoqueiros e gangsters que estavam ali em criaturas horripilantes parecidas com aquele primeiro que eles haviam enfrentado no começo do episódio. Os motoqueiros deformados começam a atacar os outros que ainda estavam sadios e vice-versa, começando um conflito interno...O soldado então corre para um carro estacionado próximo e descobre o espelho real, pegando-o e fugindo no mesmo carro para longe. Os heróis se libertam das correntes e recuperam seus equipamentos, lutando contra alguns dos motoqueiros e se aproximando de um carro com 5 lugares e uma moto. O grupo se divide e enquanto Airi pilotava o carro, Tito guiava a moto com Fran junto dele.

Os heróis partem atrás do soldado fugitivo e depois de uma sequência de corrida, alcançam-o. O soldado se mostra resistente e muito protetor frente ao espelho que era o verdadeiro, os heróis tentam golpeá-lo para retirar o espelho de sua possessão, mas o soldado usa novamente seu cinturão misterioso e dessa vez a energia é ampliada pela força do espelho e jogada contra ele mesmo. O impacto e extrema liberação de fumaça roxa transforma o soldado numa aberração nunca vista antes: o Guardião de Hathor.

Após uma intensa luta, os heróis vencem o guardião que sucumbe aos ferimentos e desaparece no ar, virando uma poeira negra. O espelho, entretanto, havia sumido no meio tempo com rastros de uma motocicleta próximos. Dueror e Lugosi recebem uma ligação de Raddos, que pergunta sobre o progresso deles. Uma vez que eliminaram o maior alvo e não podiam nem viam mais motivos para continuar, os dois se despedem do grupo de Grey Avalon e partem novamente ao encontro de seus aliados usuais. Fae, Airi, Hagenn e Tito agradecem a ajuda dos mesmos e voltam para o hotel, onde planejariam o próximo movimento e investigações sobre o espelho com cuidado.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 24/08/2013) AQUI (Parte I) e AQUI (Parte II - Final) .

- 'Leia o LOG aqui (em breve).

Episódio 17 - Vingança SangrentaEdit

Resumo: Inicialmente, a cena começa em 2013 dizendo um pouco do que havia acontecido com o grupo de sonhadores: Lahra, Yuri, João, Thalles e Fernando após o sequestro que vivenciaram, liderado por Tatsuo Kojiro. Os sonhadores fizeram uma intensa terapia durante esse tempo com Albert, aprimorando os progressos que tinham feito até o momento, permitindo com que eles aprendessem a controlar melhor seus sonhos e estudassem suas reais mensagens e significados. Os dias correram normalmente, enquanto o grupo saía entre si e conversavam também com Kazuya que os visitava mais. Em certo momemento, foi marcada uma visita ao Instituto Sagas do Rio de Janeiro, visto que era a matriz, para o grupo conhecer o local e permitir um reencontro com o Dr. Sagas.

Durante esse tempo, Gustavo também não acordou do coma, assim como muitos outros pacientes do instituto e houve um caso grande na mídia que chamou atenção dos sonhadores: um garoto paralítico e mudo que morreu naturalmente enquando dormia, abandonado num quarto escuro segurando um boneco de bobo da corte. Ninguém sabia quem ele realmente era. Mas ficou claro que seu alter-ego era Rotan. O grupo então se prepara para partir pro Rio de Janeiro, e vão para o aeroporto de guarulhos, onde conversam um pouco e partem. Kazuya nota durante a conversa que Albert havia conseguido um misterioso anel (que ele roubara do corpo de Tatsuo durante o sequestro), mas Albert desconversa e diz que foi um presente de sua mãe que ele usava pouco.

De volta ao ano 6000, em Grey Avalon...

Quando Odaik e Mike retornaram ao Hotel Casablanca, no fim do dia em que haviam partido, o grupo se reuniu novamente e trocaram experiências sobre o que tinha acontecido com cada um deles. Um novo dia nasce então, e os heróis partem para a Jakob Tower mediante à outro chamado da A.S.B. e da guilda dos tecnomagos, a respeito do paradeiro do Espelho de Hathor.

Durante o caminho, Odaik recebe informações no T.A.R.D.I.S sobre os acontecimentos até o momento, e principalmente sobre as gangues de motoqueiros, que ainda possuíam o domínio do espelho. Os motoqueiros se uniram (A Blacksteel Gang com a Dead Beats) pra tentar causar alarde e conquistar territórios em Velen, entre outra gangues, para também poderem acabar com a influência da polícia local e da A.S.B. devido aos ressentimentos das gangues e a organização, frente aos eventos da guerra tecnológica, onde o pai de Mike foi morto.

O grupo chega na Jakob Tower e seguem para um elevador que os levaria até a próxima parte da missão. Durante o caminho, Tito e Fran são de certa forma estranhados pelos membros da A.S.B. que têm uma richa natural com gangsters. Em certo momento, o elevador para e revela uma porta secreta, mandando o grupo para plataformas tecnológicas no centro de operações da A.S.B. onde o grupo vai seguindo até chegar numa enorme sala de reuniões.

Eles são recebidos por Kirk Mettham, o atual comandante e líder da A.S.B. e por Ykel Reese, líder da guilda dos tecnomagos e conhecido de Odaik. Kirk conversa com Mike, reconhecendo os esforços do soldado em combate durante a guerra imperial, enquanto Ykel também diz que não esperava menos de Odaik e seu potencial. Logo em seguida, os dois intruzem os perigos de irem atrás do espelho que foi visto novamente no distrito industrial de Velen. Os dois dizem que forças da A.S.B. foram mobilizadas e descoladas para lá, eles precisariam ir e recuperá-lo da possessão do líder da Blacksteel e Dead Beats Gang: Stein Blacksteel. Isso surpreende Mike pois esse mesmo homem era o assassino de seu pai.

Nesse momento, a irmã de Mike, Rosa Shogbog, entra na sala de sopetão surpreendendo todos, até mesmo o próprio Mike. Ela bate em seu irmão e diz que estava preocupada, explicando que havia visto as notícias que Mike estava entre os sobreviventes de Reddstar que tinham retornado para a cidade. Os dois conversam por alguns momentos e Mike promete vingar a memória de seu pai, para sua irmã e também trazer justiça para a cidade. Rosa pede para ele tomar cuidado, mas não o impede. Ao mesmo tempo, Tito e Rosa parecem se interessar um pelo outro.

Os heróis partem para o distrito industrial e em poucos momentos, se deparam com uma enorme rua escura e com muitos membros das gangues de motos, além de alguns soldados da A.S.B. olhando para eles e para os gangsters. Em seguida, um confronto verbal começa entre os gangsters contra Tito, que o reconheceram por ter matado o antigo líder da Dead Beats Gang. A dscussão é rapidamente interrompida por Stein que chega no local montado em Iris, a moto de Tito, e tal fato é o suficiente para fazê-lo entrar em um profundo ódio e vontade de buscar sua moto de volta.

Entretanto, quanto menos o grupo esperava, um imenso grupo de arruaceiros e motoqueiros avança pra cima deles, iniciando uma sangrenta batalha que dura alguns minutos enquanto Stein e o espelho desaparecem na multidão. Tito e Mike, entretanto, não descansam e buscam pelo líder a todo custo...quando de repente, quase todos os motoqueiros do local começam a morrer, tendo seu sangue drenado e ficando secos como folhas, caindo no chão sem vida ou com tão pouca vida a ponto de suplicar ajuda para os heróis. Sem nem saber o que estava acontecendo, os heróis olham confusos para Stein e ele salta da moto de Tito, estranhando algo.

A moto liga sozinha e solta uma fumaça vermelha, e vai lentamente andando sozinha na direção de Tito, soltando gritos pelo escapamento como se consumisse a vida daqueles motoqueiros para o seu combustível. A moto começa a conversar com Tito e diz que quer vingança dos meses que ficou em domínio de Stein, separado de seu dono original. O motoqueiro surpreendentemente fica feliz e aceita a vontade de Iris (a moto), que propõe um duelo contra Stein, uma corrida onde o vencedor deveria morrer e saciar a última sede de sangue dela.

Corrompida pela força do Espelho, o grupo deduz que enquanto a luta contra o Guardião de Hathor acontecia, o espelho corrompeu a motocicleta com sua influência e a fez carregá-lo para longe do confronto, personificando e dando um sentimento de fúria e vingança para ela. Tito e Stein aceitam o embate e disputam uma corrida furiosa cheia de obstáculos e reviravoltas.

Tito, acaba sendo o vencedor, quando derrota Stein, que cai de sua moto sofrendo um sangrento acidente ficando incapaz de se mover ou mesmo falar. Mike e ele, se aproximam do corpo quase morto de Stein, e fazem sua vingança: pelo pai de Mike e pelo roubo de Iris, obliterando de vez a existência e a vida do líder da gangue que deixa de existir.

Numa cena final, enquanto Mike se sente vazio por ter feito finalmente vingança, Fae, Airi, Odaik, Hagenn, Shinji, Galtel e Kiren olham horrorizados na medida em que o espelho rola pelo chão na direção dos pés do Imperador Crowley que aparece das sombras, pegando o artefato.

Assista a sessão na íntegra, com comentários e trilha sonora (Gravado em: 31/08/2013) AQUI (Parte I)

- 'Leia o LOG aqui (em breve).

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.