FANDOM


Ongoing SIGN AVISO!: Este artigo está marcado como "Em andamento".
Esse artigo diz respeito sobre uma página em andamento que está sendo continuamente atualizada. Por isso, as informações aqui podem acabar sendo modificadas com o tempo. Páginas marcadas com este aviso necessitam de contribuições e informações não inseridas ainda. Ajude-nos!
Hagenn Yorick
HagennThumb
Jogador Thalles
Arquétipo Elementalista
Raça Humano
Sexo Masculino
Idade 30
Lugar de Origem ?
Nível Atual Nível 4
Status Vivo
Relativos Thalles (Personagem Real)

Caribou(Familiar) Cecília Lyeyr (Esposa e Colega de trabalho)


AparênciaEdit

Hagenn tem cabelo Médio castanho escuro, olhos castanhos, altura média e corpo magro. Usa um robe azul escuro com uma calça preta, botas de couro marrom escuro e luvas pretas. Carrega consigo um livro de magia elemental roxo.

HistóriaEdit

Desde novo, Hagenn teve interesse no mundo em que vivia. O que o compõe? Quais são suas propriedades? Os livros foram os maiores companheiros de Hagenn durante a sua infância, fazendo com que ele obtivesse vasto conhecimento sobre Alquimia. Na adolescência, quando foi à escola , descobriu algo além da alquimia: Magia e suas propriedades elementais. Começou estudar a fundo e logo se tornou encantado por tudo aquilo. Decidiu então fazer algo que ninguém fez antes: dominar todos os elementos. Como sempre gostou do frio, começou com Gelo.

Após os eventos do Arco IEdit

Após as aventuras em Reddstar e Velen… Hagenn finalmente percebeu o quão terrível a escuridão pode ser. A partir do momento em que Fae e Chrysalis se sacrificaram para terminar a ameaça de Nightmare Moon, ele se comprometeu a nunca mais deixar a escuridão ressurgir. Ele havia encontrado seu objetivo de vida. Ser um possível mentor de aventureiros que compartilhassem de sua convicção revigorou seu espírito e fez mudar sua atitude.

Entre os dois meses antes de sua partida ao norte…

Hagenn estava rondando as ruas de Velen em busca de informações que pudessem ser uteis para o seu treinamento. Ao chegar em uma livraria escondida, ele percebe que dentro dela, está uma porção de elementalistas. Todos fazendo pesquisas. Hagenn aprendeu de tudo um pouco com cada um… mas um deles estava recluso no final da livraria. Hagenn percebeu que ele estava lendo um livro preto com detalhes roxos que continha um emblema que lembrava uma caveira. Hagenn perguntou sobre o que era o tal livro, e o elementalista respondeu: “...trevas…” Com uma cara de dúvida, Hagenn decidiu deixar o jovem em paz e saiu da livraria. Após alguns segundos de pisar pisado fora do local, ele ouvi gritos e sons aterrorizantes. Eles vinham...da livraria! Ao entrar correndo, ele se depara com…

...mortos. Todos. Apenas corpos, magros e extremamente pálidos no chão. Parecia que a vida de seus corpos fora sugada. Nenhum sobrevivente...era o que pensava. O tal jovem do livro negro ainda estava vivo. Hagenn se aproxima dele e ouve as seguintes palavras…

“Eu estava estudando… para evitá-la… eu perdi minha família…meu futuro… minha vida…”

“...treva-aaaaaaaaaaaargh…” e aponta pra uma mesa com suas ultimas forças, antes de perecer.

Hagenn observa uma pequena orbe de escuridão em cima da mesa, flutuando. Dentro dela, as memorias dos jovens que estavam dentro da tal livraria. A brutalidade da cena fez Hagenn perceber que uma pequena manifestação de escuridão causa um estrago daquela magnitude…assim se determinando a acabar com as trevas para sempre, mas ao mesmo tempo, ele as teme. Profundamente. Como nunca.

Eventos do Arco 2 - Antes de encontrar o grupoEdit

A fim de descobrir mais sobre o Códex Igneo, Hagenn se dirigiu à as Terras Ermas em direção a Askhalot. Foi uma viagem ardua com varias aventuras no meio tempo até chegar ao seu destino. Porém, devido ao seu despreparo acabou se perdendo nos campos desaloados e como consequencia do calor e cansaço após dias vagando eventualemnte desmaiou. Para a salvação de Hagenn, ele foi encontrado por uma caravana de aventureiros que se dirigia a antiga cidade a fim de achar um tesourso esquecido. Faziam parte dessa caravana Rhaleen, Marauder e Glom. Em troca de serviços de cura e ajuda em aventuras Hagenn se juntou a Caravana.

PersonalidadeEdit

Como sempre se focou nos estudos Hagenn se tornou solitário e egoísta, mas ainda pensa no bem das pessoas à sua volta. Ele também e muito curioso. Mas os estudos lhe trouxeram coisas boas, como cautela(às vezes exagerada), calma e a habilidade de analisar situações com rapidez.

FamiliaresEdit

Goblin FFIX Artwork

Caribou, o familiar de Hagenn

Nome: Caribou.

HistóriaEdit

Hagenn achou esse Goblin durante uma das suas pesquisas na escola. Caribou roubou os óculos de Hagenn, fazendo o mesmo correr atrás dele em uma perseguição que durou uma semana. Desde então eles se tornaram companheiros, compartilhando conhecimento

Eventos do Arco IEdit

Durante o Arco I, Caribou acompanhou Hagenn em toda a sua jornada, seja lá onde fosse. Entretanto, em certo ponto da história ele foi dominado e possuído por Chrysalis, que botou o verdadeiro Caribou para dormir em algum canto da própria mente. Assim, ela pode usar o corpo do familiar sem levantar suspeitas para tentar assassinar Fae durante a volta dos aventureiros em sua jornada pelo Desert of Steel, mas foi impedida por uma magia de proteção usada por Galtel Quisling que sentiu algo errado no ar.

Mais tarde quando voltaram para Reddstar, Chrysalis ainda usou o corpo de caribou pra esperar uma próxima tentativa de matar Fae e seus aliados, mas foi descoberta pelos sentidos de Makro e seu amigo, Balud Goldbattler. Temendo por sua identidade, Chrysalis usou o familiar para mandar os dois através de um portal, para o Sonhar.

Tempos depois, a identidade de Chrysalis foi descoberta por Kiren quando voltou a contactar o grupo de heróis no complexo subterrâneo da cidade. Uma vez que ela tinha sido expulsa de seu corpo, Caribou retomou o controle e sua vontade de volta ao normal. Desde então até o fim do arco, ele seguiu ajudando e auxiliando Hagenn no que pode.

Memoria CrystalisEdit

Hagenn salva seus pensamentos e memórias em cristais de gelo para que nunca se esqueça o que aconteceu durante sua aventura. Basicamente, é um diário. (OST recomendada para a leitura: http://www.youtube.com/watch?v=YVoHm2WSUWs)

Memoria Crystalis – Fragmento # 1Edit

Hagenn: Esse cristal contém a minha memória de quando eu parti para minha jornada. Devo confessar que é um objetivo um pouco egoísta, mas os elementos me fascinam. Decidi ir para Reddstar, já que é o lugar Central de Grey Avalon. Esses imperiais são um tanto egocêntricos, as vezes dá nojo. Depois ir a vários lugares perguntando descobri algo interessante ouvindo dois guardas bêbados conversando.

-Imagem aparece dentro do cristal-

Guarda 1: Eu tou ti dizzzenu cara... aquell véi éum pé no saquissh!
Guarda 2: Aaaaahammm! Eo inté aachhhi qui ela é uma brushha véi.
Guarda 1: Pooo, ae tu falou a verdadjiiii...

Hagenn:* Bruxa, huh? Acho que vale a pena investigar essa velha. *

-Fim da imagem do cristal-

E pensar que meu encontro com Yurunn Goldbattler fosse mudar meus objetivos completamente...

___________________________________________________________________________________

Memoria Crystalis – Fragmento # 2Edit

Hagenn: Esse cristal é maior que o anterior devido aos fatos que ocorreram. Realmente foi uma grande reviravolta que eu não estava esperando. Tinha ido à casa da tal velha que os bêbados tinham falado. Quando saí do bar lembro-me de ter visto uma comoção bem grande.

- Imagem aparece dentro do cristal -

- Hagenn coloca a mão no ombro de um homem que estava perto -
Hagenn: Com licença, o que está acontecendo?
Homem: Aparentemente o Imperador vai fazer uma aparição agora. As pessoas fazem questão de ir lá olhar a cara feia ele.
Hagenn: Huh. Parece perda de tempo pra mim.
Homem: E é.

- Fim da imagem do cristal –

Não sou morador daquela cidade, planejava pegar a informação necessária e sair. Não sou muito de embromar, prefiro ir direto ao ponto. Então fui andando até o que parecia ser uma clareira, relativamente distante de Reddstar. Tinha uma casa naquela clareira, parecia ser uma casa de anão. Não parecia ter ninguém por perto, então fui até a casa para ver se tinha alguém.

- Imagem aparece dentro do cristal -
- Hagenn bate na porta -
Yurunn: O que você quer? Se estiver cobrando algo, dê o fora daqui.
Hagenn: Não estou aqui pra cobrar nada. Meu nome é Hagenn e eu estou em uma jornada para estudar os Elementos.
Yurunn: Hum. E por que cargas d’água você veio me procurar?
Hagenn: Eu não quero lhe ofender ou ser rude, mas ouvi por aí que você é uma “bruxa”.
Yurunn: Hey isso, foi rude. O termo correto é sacerdotisa, seu quatro-olhos.

- Fim da imagem do cristal –

Apesar de ser uma sacerdotisa, aquela velha é chata demais. Mas no fim tinha uma razão para isso. Tentei ser gentil e conversar com ela, mas não adiantou. Enquanto estávamos conversando chegou o neto dela mais algumas pessoas. Eram aventureiros pelo visto, também queriam auxilio em achar algo. Nesse momento, Yurunn pediu nossa cooperação para ajudar seus filhos e netos que estavam presos nas Crystal Mines (Reddstar). A ponto de conseguir mais informações, eu topei, os outros aventureiros também toparam. Pareciam bem determinados.

A noite veio, nós iríamos sair pela manhã em um carregamento destinado às minas. Foi aí então que tentei me enturmar com esses aventureiros.

- Imagem aparece dentro do cristal -

Hagenn: Bem já que vamos trabalhar juntos, melhor me apresentar. Eu sou Hagenn.
Odaik: Eu me chamo Odaik. Aqueles são o Tito e o Mike.
Tito: E aí, tudo certo?
Mike: Opa, tudo jóia? *Mike faz um sinal de positivo*
Hagenn: Tudo bem! E as garotas são...?
Odaik: Elas são Airi e Fae.
Hagenn: Ok. Vocês parecem estar bem abatidos, o que aconteceu?
Odaik: Um dos nossos companheiros foi morto em uma armadilha...
Tito: Nós não pudemos fazer nada. Aquele garoto me lembra quando eu era mais jovem...
Hagenn: Garoto...?
Mike: Genesis...
Odaik: Ele era novo ainda, tinha muito o que viver ainda...Tudo que ele queria era achar o arco que pertencia a seu pai...

Hagenn: Pai...

-Fim da imagem do cristal –

- suspiro – A sorte dele era ter o amor do pai... Nem isso eu tive...

- Flashback de uns 15 anos atrás –
Pai: Mas qual é o objetivo de ficar estudando essas coisas?!
Hagenn: São coisas que me fascinam, pai! Eu acho que se eu saber mais sobre isso vou descobrir mais sobre o nosso mundo!
Pai: Coisa de jovem desocupado! Você deveria estudar pra se tornar alguém importante!
- Fim do flashback –

Ele está certo em que existem coisas mais importantes, mas um pouco de apoio seria bom... Na manhã seguinte à conversa partimos pras minas de cristal. Um guarda quase nos descobriu na carruagem, mas no fim conseguimos entrar com sucesso. Os gases que saiam do chão pareciam ter efeitos alucinógenos. Após adentrarmos as minas, achamos uns carros em trilhos que levavam ao final da mina... Não gosto de lembrar disso.

- Imagem aparece dentro do cristal -

Todos: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Tito: Sô piloto! \o\
Mike: Woohooo! /o/

- Fim da imagem do cristal –

Minha cara ainda dói. Enfim, chegamos ao final das minas e lá estavam eles: os reféns, uns guardas e um feitor, Morrok. Tinha mandado Caribou pra ter certeza do que se tratava. Bom, precisávamos salvar eles, então fomos ao confronto...

CuriosidadesEdit

  • No episódio 7 foi revelado que Hagenn é alérgico à polen.
  • Hagenn tem a mania de ajeitar os óculos frequentemente.

Lista de ConquistasEdit

Pontuação total (Última atualização: 29/12/2013 por: Kronos255

40pts
Achiev-Gruta-dos-Ecos
  • Conquistada no dia 25/12/2013.
  • Critério: Complete a Gruta dos Ecos derrotando Telbin, o Guardião dos Portões na dificuldade desafiadora.

ImagensEdit

Algumas imagens úteis:

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.