FANDOM


Fan Ming Art 010b

Ápice do confronto na Guerra Imperial.

A Guerra Imperial é o nome dado para o marcante confronto que aconteceu no ano 6000 em Grey Avalon. Em termos de jogo, aconteceu e terminou durante o Arco I.

HistóriaEdit

O conflito começou muito antes de sua real explosão e ápice, vindo desde quando o imperador (na época) de Reddstar, John Crowley II, passou a governar seu povo muito diferente de como estava acostumado: com mãos de ferro e uma imensa tirania jamais vista pela orgulhosa e nobre cidade imperial.

OrigemEdit

Após a morte de seu filho, o imperador adotou medidas drásticas e mudou totalmente a configuração política e econômica de Reddstar: passou a obrigar e mandar todas as pessoas (incluindo homens, mulheres e crianças) a trabalharem forçadamente nas minas de cristal, para que conseguissem coletar mais minérios e permitir assim a extração de energia mágica pro reino.

Consequentemente, a qualidade de vida geral da população, investimentos em educação, saneamento básico e outras coisas foram cortados para que o resto da verba fosse injetado exclusivamente em órgãos militares e nas próprias pesquisas obscuras feitas no palácio imperial.

O grande descontamento da população foi rapidamente criado, embora muitos ainda estivessem perplexos sobre a mudança repentina de humor do imperador, a imagem de bom governador e sábio lider logo foi substituída por um tirano incompreensível com coração mais gelado que o próprio inverno.

O começo da revoltaEdit

Com o crescente desapontamento da população frente a nova situação de Reddstar, muitas pessoas pensaram em se organizar e tentar protestar ou questionar as novas medidas políticas e econômicas. Entretanto, isso não funcionou devido a frequente repressão militar que as forças do governo aplicaram contra qualquer um que se voltasse contra as ordens do imperador. Em poucos dias, Reddstar estava completamente sitiada e com as saídas e entradas fechadas para viajantes que não tivessem ordens e passes expressos emitidos pelo próprio imperador.

O movimento da revolta tomou maior força quando os heróis de Reddstar (Airi, Hagenn, Odaik, Fae, Tito e Mike) foram mandados por Yurunn Goldbattler para que pudessem salvar os netos e filho da mesma, que estavam sendo forçados a trabalhar nas minas sob condições péssimas. Os heróis salvaram então uma figura importante, Beruk Goldbattler que encabeçou logo depois um movimento de organização de uma milícia armada feita por todos aqueles que quisessem se livrar das garras tirânicas do imperador.

Rapidamente o movimento ganhou diversos aderentes e formou-se um exército do povo, onde Beruk treinou as pessoas com o que podia e no tempo que conseguia (ajudado por Morrok e seus filhos, Bosuk, Kromok, Borok, Bimfurd e Balud), preparando-se para o inevitável.

O estouroEdit

A guerra começou de vez quando os heróis voltaram do Desert of Steel levando consigo o Arco da Revelação, para poderem destruir a barreira que dividia Reddstar ao meio até então. Após Odaik proferir o disparo e quebrar a barreira, o grupo e o exército formado por Beruk iniciaram o conflito contra as forças de Reddstar, marcando assim o começo definitivo da guerra.

O meio e fimEdit

Como toda guerra, teve seus altos e baixos, mas as forças de Reddstar acabaram perdendo tal peleja, uma vez que os heróis ajudaram a milícia de Beruk a desestabilizar as forças mágicas de seus oponentes, converteram inimigos para seu lado e atravessaram todo o palácio imperial, limpando inimigos que apareciam em sua frente. O confronto oficialmente terminou quando o imperador fugiu para Velen, deixando assim, Reddstar para que o povo tomasse conta.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.