FANDOM


Damaria, a jóia do Sol
Damaria-Avatar
Linha do Tempo 6002+
NPCs Encontrados Shraik

Sumah
Warsilix

Inimigos Recorrentes N/A
Região Oeste de Grey Avalon
Nível 3+
Materiais Encontrados N/A

Damaria é uma das maiores cidades do extremo Oeste de Grey Avalon, sendo um importante ponto após a cadeia montanhosa que separa o continente da porção que não é engolida pelos desertos. Apareceu pela primeira vez no episódio 12 do Arco II de Grey Avalon.

Características geraisEdit

A cidade tem o título de “Jóia do Sol” por se erguer no centro do vasto deserto dos deuses caídos e também por conter uma forte resistência e recursos para um local que está no meio do nada. Damaria brilha intensamente durante o dia e a noite, sendo difícil de não ser vista, por conta de sua arquitetura e telhados que refletem a luz natural do sol (ou lanternas diversas durante a noite).

HistóriaEdit

Tendo sua primeira aparição durante o Arco II, Damaria aparece como um ponto de segurança no meio do deserto dos deuses caídos, onde os heróis Bardus, Lessien, Chrome, Sorin, Kraashi, Kouryuu e Galtel vão para investigar e tentar encontrar alguma pista sobre o amuleto dos dragões azuis.

Damaria acaba sendo um local pacífico de início e recebe bem os heróis, com suas belezas naturais e riqueza incomum para uma cidade do deserto. Entretanto, quando o grupo volta da missão de recuperar o cetro dos reis na Cripta dos Reis Bárbaros, Damaria se tornou um palco de uma guerra civil entre dois pólos: os sacerdotes liderados por Sumah e os nobres guiados por Shraik. O conflito se estenderia ainda durante alguns dias e depois cairia na conformação, com a vitória dos sacerdotes.

Embora quase ninguém saiba, embaixo do palácio de Damaria existem diversos complexos de cavernas arenosas que levam até o covil do poderoso dragão azul Warsilix.

SociedadeEdit

Contém cerca de 330 mil habitantes. Atualmente a sociedade de Damaria é regida pelo sistema de castas, onde os títulos, cargos sociais e econômicos geralmente são passados de forma hereditária para os descendentes de uma família. Dividida em três grandes centros, o poder da jóia do sol oscila entre esses mesmos três núcleos: Os sacerdotes de Rhamum, os Nobres e suas famílias e os Militares.

A cada 5 anos ocorre uma audiência entre os três centros para decidir quem controlará Damaria durante os próximos 5 anos, com o apoio e feedback popular a respeito de quem eles preferem a proteção e benefícios. Entretanto, já há algumas décadas que o poder raramente sai das mãos dos sacerdotes de Rhamum, devido ao cunho religioso que representam e as fortes raíses religiosas da população.

EconomiaEdit

Como está localizada no centro do deserto, e em uma área de difícil movimentação ou aquisição de recursos, Damaria depende muito no comércio, turismo e também na exportação de bens nativos do deserto (como minérios e ervas raras). Parte da cidade, entretanto, é dedicada à uma seção conhecida como “O Bazar”, onde milhares de vendedores populares e até mesmo alguns mais ricos oferecem bens, materiais, itens de consumo, armas e outras coisas que possam interessar aventureiros e viajantes.

ReligiãoEdit

Os sacerdotes de Rhamum representam a única força religiosa e mística de Damaria, sendo seguidores do antigo deus Rhamum, que é representado por um corpo humano e uma cabeça de chacal avermelhada, além de muitos outros adornos e jóias. Rhamum é o deus das dimensões e da sabedoria, exercendo portanto uma importante influência sobre a vida de seus seguidores que acreditam que ele controla o destino e a causalidade das coisas.

Os seguidores de Rhamum são pacíficos no geral, mas dentro dos conflitos políticos e internos da sociedade, demonstram-se muito agressivos e extremistas, onde aqueles que não aceitarem as ordens divinas e questionarem a sabedoria de Rhamum serão punidos com a corrupção, pobreza e feiura. Em Damaria, ter dinheiro, bons costumes e beleza são sinais de riqueza e sucesso na vida.

ConflitosEdit

Constantemente conflitos, alfinetadas e desacordos intelectuais acontecem entre os três centros de Damaria, eles raramente se entendem e todos disputam a mesma coisa: o controle por tudo. Já houveram tentativas de unificação ou acordo para os três governarem ao mesmo tempo, mas todas acabaram em batalhas sangrentas que aumentaram o medo da população em tentar participar ou opinar a respeito.

A casa dos nobres é formada por múltiplas famílias de diversas origens ou tradições antigas da  região, eles exercem grande influência por possuírem dinheiro e aspectos morais fortes que os permitem se colocarem como possíveis líderes.

Os militares exercem a menor força em Damaria, els são responsáveis pela segurança e amenização de conflitos gerais, mas não são vistos muito além de brutos e selvagens que só sabem lutar.

Pontos de interesseEdit

Local---Damaria-Streets

Ruas de Damaria

Damaria possui alguns pontos e sub-regiões já visitadas, como:
  • Taverna do Lagarto das Areias: Uma das tavernas mais movimentadas da cidade, geralmente o point onde a Nobreza se reúne durante o fim do dia.
  • Observatório: O observatório de Damaria é um lugar de neutralidade na cidade. Aqui, professores, magos, clérigos, nobres e militares se reúnem e deixam suas disputas de lado para poderem dedicar ao que prezam tanto: estudos e a dedicação acadêmica / progresso intelectual. O local é usado principalmente como uma biblioteca e forma de observar as estrelas – prática tida como hobby para os habitantes da cidade.
  • Palácio: Localizado na parte alta da cidade, o palácio é uma construção de neutralidade quando desocupada - mas serve atualmente como o centro de espiritualidade e organização política dominada pelos sacerdotes.

Galeria de arteEdit

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.